top of page
Buscar

2º Congresso Popular Antirracista é realizado em São Leopoldo

“Viver em uma sociedade em que o racismo seja apenas uma amarga lembrança”. Com essa fala, Indiara Tainan da Secretaria Municipal de Educação (Smed) abriu as discussões do 2º Congresso Popular Antirracista que começou nesta quinta-feira, 16 de novembro, no auditório Katharina das Faculdades EST, em São Leopoldo.

 

O público-alvo do primeiro dia de congresso foram os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do município. Os estudantes foram contemplados com as palestras de Fernanda Duarte de Oliveira, pedagoga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Rodrigo Santiago da Silva Garcia, professor da Rede Municipal de Educação (RME).

 

Fernanda falou sobre o seu trabalho à frente do Espaço Oorun, que fornece aulas de reforço para crianças negras. “A minha ideia foi que essa proposta irradiasse luz onde quer que ele fosse”, destacou a fundadora do projeto. Por conta disso, a pedagoga decidiu nomear a iniciativa de Oorun, que significa “sol” em yorùbá, idioma africano. Já Rodrigo, comentou sobre os problemas sociais por trás da evasão escolar. Segundo o mestre em Ensino de História pela UFRGS, essa é uma situação que ocorre com muito mais frequência na população negra.

 

O artista Paulinho Natureza realizou a abertura do evento com uma apresentação musical, trazendo canções de sua autoria que tratam da temática do racismo. O ato inicial também contou com a participação de Luciane Heinski, diretora do CEMEI Paulo Freire representando o prefeito Ary Vanazzi; Roselaine Diaz, assessora pedagógica do Núcleo de Educação para as Relações Étnico Raciais da Smed (Nerer/Smed); Valério Guilherme Schaper, reitor de gestão da EST; e José Ivo Follmann, da reitoria da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

 

Realizado pela Smed, através do Nerer, o 2º Congresso Popular Antirracista de São Leopoldo ocorre durante os dias 16 e 17 de novembro. A iniciativa é realizada em parceria com o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Unisinos (Neabi) e com o Grupo Identidade da EST. O segundo dia de congresso tem seguimento hoje na Unisinos. Fonte: PMSL

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page