top of page
Buscar

32 mil kits de materiais escolares vão ser entregues para alunos de toda a Rede Municipal de Ensino


Imagem: Thales Ferreira/ PMSL.

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, anunciou na segunda-feira (18), em transmissão ao vivo pela Rádio Prefeitura de São Leopoldo, a entrega de mais de 32 mil kits de materiais escolares, que atenderão a todos os alunos da Rede Municipal de Ensino em 2024. Uma das novidades deste ano é a contemplação dos 4.415 alunos das 45 escolas conveniadas ao município, que também receberão os kits.


Ao todo, serão 94 instituições, com as 49 da Rede Municipal divididas entre 22 escolas consideradas prioritárias e 27 não-prioritárias, baseadas em um critério socioeconômico em relação à região de cada uma, com alguns kits tendo mais produtos que outros. Outra novidade é que todas as escolas prioritárias receberão kits com mochilas.


A ação acontece por meio da Secretaria de Educação (Smed), e atende à Lei Municipal nº 9102, de 2019, que instituiu o fornecimento de material escolar aos estudantes matriculados nas escolas municipais.


Durante o anúncio, Vanazzi destacou a importância dessa ação para a comunidade escolar. “Estamos fazendo esse anúncio para que os pais saibam aquilo que os filhos vão receber e para que não se preocupem com este gasto. Sabemos que muitas vezes o valor do dinheiro desses materiais é o mesmo que as famílias usam para se alimentar. Esse é o propósito desse programa, dar tranquilidade às famílias e aos alunos, para que possam se preocupar apenas em estudar”, ressaltou.


O titular da Smed, professor Ricardo da Luz, falou sobre a crescente nos investimentos ao decorrer dos anos. “Começamos com o programa em 2019, e desde então sempre aumentamos o investimento. No ano passado, conseguimos atender toda a Rede Municipal de Ensino, e neste ano estamos ampliando para as escolas conveniadas, já que elas cumprem um papel fundamental, recebendo os estudantes que não conseguiram ser matriculados em nossas escolas por falta de vagas. Ter um material pedagógico adequado é importantíssimo para que todos os alunos possam realizar as atividades de maneira igualitária", explicou.


O secretário também informou que nos kits há uma coleção de lápis de cores de pele que inclui tons de pessoas pretas, e ressaltou a preocupação do governo com a representatividade das crianças.


Os kits serão entregues a partir do dia 26 de fevereiro, uma semana após o início do calendário letivo, dia 21. Ao todo, a Smed está investindo cerca de R$ 3,5 milhões na compra dos materiais.


0 comentário

Commenti


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page