top of page
Buscar

Ação conjunta entre secretarias apresenta serviços disponíveis para pessoas em situação de rua


Imagem: divulgação/ PMSL.

Com o objetivo de garantir a segurança de pessoas em situação de rua, no trecho sob a elevada do Trensurb, entre as estações Rio dos Sinos e Unisinos, foi realizada, nesta quinta-feira (23), uma ação conjunta entre as secretarias de Assistência Social (SAS), Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp) e Mobilidade e Serviços Urbanos (Semurb) de São Leopoldo.


Dias antes da ação efetiva, as equipes de abordagem da SAS, já monitoravam os locais e conversavam com as pessoas em situação de rua, convidando-as para que acessassem o serviço específico disponibilizado pela prefeitura. São eles: o Centro de Referência Especializado em População em Situação de Rua (Centro Pop) durante o dia, e o Centro de Referência Especializado da População Adulta em situação de Rua (Albergue), durante a noite, localizado na Av. Caxias do Sul, no bairro Rio dos Sinos.


Ao todo foram identificadas nove situações de famílias em situação de rua nestes locais, que foram encaminhadas para o Centro Pop e Albergue. Seis dessas procuraram o centro de referência. Os demais moradores em situação de rua estão sendo referenciados juntamente à assistência social de sua cidade de origem para garantir o serviço de assistência adequado.


O local disponibiliza até 40 vagas para pernoite, banho, higiene, lavanderia e alimentação. Durante o dia, há auxílio na confecção de documentos, acompanhamento médico, além de cursos e oficinas de Geração de Renda, Leitura Musical, Oficina Cine, Projeto de Vida e Cidadania, Mundo do Trabalho e Redução de Danos.


Outros locais centrais da cidade, como praças e o viaduto da Avenida João Corrêa estão sendo monitorados pelas equipes de abordagem e fazem parte da ação articulada entre as secretarias.


O titular da SAS, Fábio Bernardo, destacou que “nossa Secretaria de Assistência Social acompanhou a abordagem e juntamente com os serviços, Semusp e Semurb, conseguimos fazer uma ação que tirasse essas pessoas de risco e pudessem acessar os serviços da assistência social”, destacou.


De acordo com o titular da Semurb, Sandro Lima, a ação também está planejada visando qualificar esses espaços, garantir mais iluminação para o uso coletivo e ainda trabalha com a possibilidade de adoção dos espaços públicos na parte de revitalização urbana. Caminhões, retroescavadeiras e homens estiveram envolvidos com a remoção das estruturas.


A Semusp, além de acompanhar toda a ação, seguirá monitorando os locais.


Fonte: PMSL

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page