Ação contra narcotráfico apreende 60 litros de hipoclorito de sódio em Canoas


Houve ainda recolhimento de armas e munições, entre outros. | Imagem: divulgação/ PC.

O tráfico de drogas foi alvo na manhã desta segunda-feira da operação Ataque, realizada pela 1ª DP de Canoas, sob comando do delegado Rafael Pereira.


Houve a apreensão de cerca de 60 litros de hipoclorito de sódio em três galões. O produto químico é empregado no refino de cocaína e tem venda controlada pela Polícia Federal.


Os agentes recolheram ainda cerca de R$ 7 mil em dinheiro, dois revólveres calibres 38 e uma espingarda calibre 23, um total de 78 munições, quatro torrões de maconha, uma balança de precisão e dois telefones celulares.


A ação ocorreu nos bairros Mathias Velho e São José, em Canoas, e na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), com apoio da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), sendo cumpridas oito ordens judiciais de busca e apreensão.


Quatro traficantes já foram presos desde o começo do trabalho investigativo, deflagrado a partir do flagrante de 150 quilos de maconha em julho deste ano. “A investigação tem como objetivo causar prejuízo a uma facção do narcotráfico”, frisou o delegado Rafael Pereira.


Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, declarou que “chama atenção a apreensão do hipoclorito de sódio, que segundo as investigações é utilizado normalmente no preparo da cocaína”.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário