Ação na área de segurança do governo estadual vai trazer viaturas e tecnologias para São Leopoldo


O maior montante destinado de uma só vez para as forças de segurança em toda a história do Rio Grande do Sul. Esse é o resultado do Avançar na Segurança, plano de ações divulgado pelo governo do Estado nesta quinta-feira (21/10), em evento no estacionamento da EPTC, no bairro Praia de Belas, na capital. Integrante do programa transversal Avançar, o projeto destinará R$ 280,3 milhões para compra de viaturas, equipamentos, tecnologia e realização de obras até 2022.

“É um investimento muito expressivo. Mais do que isso, são R$ 280 milhões apenas com recursos do Tesouro do Estado em investimentos extraordinários do Avançar na Segurança em pouco mais de um ano. É o dobro do que o governo investiu no total nos últimos 13 anos em segurança com recursos próprios, de 2007 até 2020, quando foram somados R$ 127 milhões. Estamos fazendo história no RS”, anunciou o governador Eduardo Leite.

Assim como os demais projetos já anunciados do programa Avançar, o Avançar na Segurança conta com valores exclusivamente de origem no Tesouro Estadual, fruto das reformas estruturantes realizadas pela atual gestão e de recursos extraordinários das privatizações. Até agora, já foram anunciados investimentos, além dos R$ 280,2 milhões para a segurança, R$ 1,3 bilhão para o Plano de Obras e R$ 60 milhões do Pavimenta, sem contar a parte dos municípios, em infraestrutura. Também foram divulgados R$ 250 milhões para a saúde, R$ 76,1 milhões para cultura, R$ 112,3 milhões para inovação e mais R$ 1,2 bilhão para educação.

Na Brigada Militar, o total de investimento anunciado pelo Avançar será de R$ 116,9 milhões. Desse total, R$ 74,4 milhões irão custear a compra de veículos, sendo 221 viaturas (105 Corolla Sedan, 20 caminhonetes SW4, 70 picapes Hilux e 26 SUV Duster), cinco ônibus para Batalhões de Choque, e um avião monomotor, ao custo estimado de R$ 20 milhões. Será uma importante renovação para a frota do Batalhão de Aviação, que também receberá um caminhão-tanque para abastecimento de aeronaves.

O avião terá capacidade para nove passageiros e dois pilotos, e pode atuar como multimissão, para transportar também cargas, com peso total de ocupação de 1.937 quilos, mais 494 quilos em um bagageiro externo. A aeronave alcança velocidade de 340 km/h, consegue decolar e pousar em pista com menos de 500 metros, mesmo não asfaltada. Além disso, pode ser adaptada como UTI aeromédica.

Em tecnologia, serão investidos R$ 29,4 milhões, dos quais R$ 12,2 milhões na modernização de Centrais de Atendimento e Despacho do telefone 190 nos municípios prioritários no RS Seguro. Esse investimento envolve a implantação de soluções de climatização das centrais, aparelhos de telefonia e videowall, compra de mobiliário, equipamentos de processamento e sistemas de armazenamento de dados, estruturação de salas de crise e aquisição de estações de trabalho para atendimento.

O programa ainda irá custear 186 kits de armas menos letais (R$ 1 milhão) e 63 fuzis carabinas 5.56 (R$ 504 mil), além de rádios fixos, móveis e portáteis, com GPS integrado (R$ 15,7 milhões).

Ainda pela BM, há R$ 13 milhões para obras, que irão custear a construção de nova sede para o 31º Batalhão de Polícia Militar de Guaíba (R$ 6 milhões), além de uma praça comunitária junto à unidade (R$ 1 milhão), e de nova sede para o 33º Batalhão de Polícia Militar de Sapucaia do Sul (R$ 6 milhões).


Para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), o programa Avançar anunciou a liberação de R$ 38,6 milhões, a maior parte em veículos (R$ 34,8 milhões). Serão compradas 28 ambulâncias resgate (R$ 9,2 milhões) para municípios que ainda não contam com esse equipamento, uma embarcação de busca, salvamento e combate incêndio (R$ 3,5 milhões) – a primeira da história da instituição –, e 12 caminhões de combate a incêndio (R$ 10,2 milhões) para substituição de viaturas com mais de 10 anos, sendo seis com recursos do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados do Ministério Público.

Outro destaque dos veículos para os Bombeiros será a aquisição de dois caminhões com autoescada mecânica articulada, com alcance mínimo de 42 metros de altura, ao custo total de R$ 17 milhões. São os primeiros veículos adquiridos pelo Estado com capacidade para levar os bombeiros militares em operações de resgate e combate a incêndio estrutural por fora das edificações a alturas acima de 40 metros.

Ainda foram anunciados para os Bombeiros, com um total de R$ 2,2 milhões, a compra de 512 conjuntos de proteção de combate a incêndio estrutural, compostos por bota, calça, capa, luva, balaclava, capacete e equipamento de proteção respiratória. A construção de sede do pelotão de Guaíba será realizada com investimento de R$ 1,6 milhão.


BRIGADA MILITAR


• 5 mil pistolas Taurus calibre 9 milímetros para a BM, no valor total de R$ 9.350.000, com recursos do Estado. • 59 Dusters (R$ 169.626,67 cada) e 15 caminhonetes Hilux (R$ 250.259,00 cada) para a BM, sendo 37 Dusters e 10 Hilux de origem do Piseg, cinco Hilux de origem do Fundo Estadual de Segurança Pública (Fesp) e as outras 22 Dusters já são os primeiros veículos adquiridos com recursos liberados pelo Avançar.


Destino de 22 Dusters (recursos do Avançar)

Arroio do Tigre - 1 Barra do Rio Azul - 1 Bom Jesus - 1 Braga - 1 Chuvisca - 1 Dois Irmãos das Missões - 1 Gramado dos Loureiros - 1 Herval - 1 Ibiaçá - 1 Itaara - 1 Itacurubi - 1 Ivorá - 1 Mato Leitão - 1 Mato Queimado - 1 Novo Tiradentes - 1 Porto Mauá - 1 Porto Vera Cruz - 1 Rio dos Índios - 1 Santo Antônio do Palma - 1 São Domingos do Sul - 1 São Valério do Sul - 1 Viadutos- 1


Destino de 37 Dusters (recursos do Piseg)

Antônio Prado - 1 Arroio do Meio - 1 Bom Princípio - 1 Camaquã - 1 Dois Irmãos - 1 Estância Velha - 1 Farroupilha - 4 Flores da Cunha - 2 Horizontina - 1 Ivoti - 1 Lagoa Vermelha - 1 Lajeado - 1 Montenegro - 2 Nova Roma do Sul - 1 Novo Hamburgo - 2 Pelotas - 3 Rio Grande - 3 São Leopoldo - 8 Taquari - 1 Veranópolis - 1


Destino de 15 Hilux (recursos do Piseg/Fesp)

Bento Gonçalves - 1 Capão da Canoa - 1 Caxias do Sul - 1 Farroupilha - 1 Passo Fundo - 3 Pelotas - 1 Porto Alegre - 4 Rio Grande - 1 Tapejara - 1 Tramandaí - 1

BM recebeu veículos com recursos do Piseg e do Fesp e os primeiros adquiridos com valores repassados pelo Avançar - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini


INSTITUTO-GERAL DE PERÍCIAS

• 20 viaturas Dusters (R$ 169.626,67 cada), com recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e do Fundo Estadual de Segurança Pública (Fesp).


Destinação

Bagé - 1 Capão da Canoa - 1 Caxias do Sul - 1 Erechim - 1 Novo Hamburgo - 1 Passo Fundo - 1 Pelotas - 1 Porto Alegre - 8 Santa Cruz do Sul - 1 Santana do Livramento - 1 Santa Maria - 1 Santo Ângelo - 1 Uruguaiana - 1

No evento, IPG recebeu 20 viaturas Dusters, com recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini


POLÍCIA CIVIL

• 9 viaturas, sendo quatro Dusters (R$ 169.626,67 cada) com recursos do Piseg (3 unidades) e do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados do MP (uma unidade), mais uma SW4 (R$ 323.454,70) e quatro viaturas discretas (R$ 107.143,00 cada) com recursos do Piseg.


Destino de veículos Dusters (recursos do Piseg)


São Leopoldo - 1 Erechim - 1 Vacaria - 1


Duster (recursos do FRBL) Porto Alegre - 1


SW4 (recursos do Piseg) São Borja - 1


Fonte: Governo do estado do RGSUL e Blog do Dudunews

0 comentário