A dois dias do Réveillon, Tramandaí já tem praia lotada


Imagem: Jefferson Botega/ Agência RBS.

Entre os banhistas que se espichavam na areia para curtir a praia de Tramandaí nesta quarta-feira (29), dois faziam estreia: a menina Maria Isadora Nascimento, quatro anos, e Bruno Souza da Silva, 25.


A pequena botava o corpo no mar pela primeira vez. Ele, natural de Minas Gerais e há oito anos morando no Rio Grande do Sul, só agora pode conhecer as praias daqui. Pegou Maria no colo, filha de sua namorada, Bárbara Schimidt da Silva, 26, e entraram juntos.

Nascido no município mineiro de Nanuque, Bruno definiu como um típico gaúcho a temperatura das águas daqui. "Na hora de entrar, é gelada. Depois, se o cara fica, esquenta" conta.


A família madrugou para sair às 5h de Morro Reuter, onde mora, para curtir o litoral. E o banho de estreia não podia ter sido em dia melhor. A quarta-feira é de mar limpo, de cor esverdeada e com pouco registro de água-viva – na primeira semana da Operação Verão foram 839 registros de lesões, uma média de 119 por dia.


A quarta também serviu para que a família de Vitor Costa das Neves, 37 anos, matasse a saudade do litoral. Com a pandemia, eles ficaram longe da praia na temporada passada.


Por causa da variante Ômicron, até cogitaram pular mais um verão, mas, vacinados, investiram na ideia de descansar cinco dias em Tramandaí, contados de hoje até domingo.

Vitor, sua mãe, Tailana Costa das Neves, 57 anos, e o namorado dela, Daniel de Oliveira, 53, se esticavam na areia, debaixo de um céu quase sem nuvem, para esse reencontro com o mar.


Para defini-lo, usam da expressão que deve se repetir na boca da maioria dos banhistas que vão molhar os pés nas águas do litoral gaúcho. "Tá gelada. Mas só no começo. Depois, se acostuma", diz Vitor.


Fonte: GZH

0 comentário