Buscar

Abate de suínos cresce 7,1% no RS em 2022, recorde para um primeiro trimestre


Imagem: reprodução.

No Rio Grande do Sul, o abate de de suínos cresceu 7,1% frente ao mesmo período de 2021, chegando ao recorde para um primeiro trimestre na série histórica, iniciada em 1997. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (08), por meio das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha.


O abate de frangos, por outro lado, teve queda de 4,6%, enquanto o de bovinos recuou 10,7%.


Na comparação com o 4º trimestre de 2021, imediatamente anterior, o abate de suínos cresceu 0,5%, o de frangos ficou estável e o bovinos caiu 16,5%. Confira a íntegra do informativo regional.


Brasil


Nacionalmente, caiu o abate de frangos e cresceu o de bovinos e suínos no primeiro trimestre de 2022: os resultados da produção animal apontam que o abate de frangos recuou 1,7%, o de bovinos aumentou 5,5% e o de suínos teve alta de 7,2% ante o mesmo período de 2021.


Na comparação com o quarto trimestre de 2021, o abate de frangos caiu 0,2%, o de bovinos ficou estável e o de suínos cresceu 1,5%.


Fonte: O Sul

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png