ACIST-SL empossa nova diretoria para o biênio 2022-2023


Imagem: divulgação/ ACIST-SL.

Em cerimônia na sede social realizada nesta terça-feira (25), foi empossada a diretoria 2022/2023 da ACIST-SL - Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo. O empresário Felipe Feldmann é o presidente desta gestão, substituindo Siegfried Koelln, que passa a presidir o Conselho Consultivo. A eleição ocorreu, por aclamação, no dia 13 de dezembro.


A mesa oficial foi constituída por Felipe Feldmann, Siegfried Koelln, Oldemar Brahm, presidente do Conselho Consultivo, Ary Vanazzi, prefeito municipal, Madeleine Hilbk, membro do Conselho Superior da Federasul, representando o presidente da Federação, Anderson Cardoso e Artur Jacobus, reitor em exercício da Unisinos.


Conhecimento


Felipe Feldmann emocionou o público durante o discurso, ao comentar a sua criação dentro da Ferragem Feldmann. A empresa, fundada em 1938 pelo avô Edgar Leopoldo Feldmann, mantém profunda relação com a cidade. Lembrou também do Trabalho de Conclusão de Curso – é graduado em Administração de Empresas pela Unisinos – quando foi questionado por um professor sobre como aplicaria o conhecimento adquirido pela pesquisa feita sobre o comércio varejista da Rua Independência.


“Naquele momento, eu não tinha a resposta. Mas agora, sim: desejo dividir o conhecimento e as informações que a ACIST-SL gera para ajudar na tomada de decisões tanto de empresários como pelo poder público”, enfatizou.


Na gestão anterior, Felipe atuou como vice-presidente de Comércio. No cargo, foi o porta voz da entidade e dos associados no Comitê Municipal de Combate à Covid-19. “Esta experiência foi enriquecedora. Falar em nome dos associados foi um grande desafio”, revelou, assim como a surpresa com o convite de Siegfried Koelln para concorrer às eleições, devido à pouca vivência como membro da Associação. “Eu aceitei porque tenho convicção de que não será um cargo solitário. Este novo desafio será enfrentado com parceiros com os quais terei a honra de conviver pelos próximos dois anos”, destacou. “Que honra que é presidir uma instituição que tem mais de 100 anos de história. São Leopoldo é uma cidade histórica em vários sentidos e a Associação faz parte dela, por meio dos seus líderes e associados.

Siegfried Koelln, no seu discurso de despedida, recordou a inesperada pandemia por Covid-19 que eclodiu no início de 2020 em todo o planeta. “Todos estávamos preparados para a retomada da economia. A ACIST-SL estava iniciando a gestão, que celebraria os 100 anos da entidade. Foram momentos difíceis, com planos cancelados e alteração de rumos para nos adaptar a uma nova realidade”, frisou. Empresas fecharam e empregos foram perdidos. A entidade, ressaltou, cumpriu com o papel de defender o setor produtivo, atuando para o não fechamento dos estabelecimentos e incentivando a adoção dos protocolos de sanitização nas empresas, que se mostraram mais eficazes em comparação às áreas públicas.


Em 2021, o cenário foi mudando. Os dados da economia voltaram a ficar positivos. Porém, áreas como Saúde e Educação e Qualidade de Vida, mostraram suas fragilidades. “Temos que perguntar que cidade queremos ter no futuro. Como a riqueza gerada pelo aumento da arrecadação será aplicada para que os trabalhadores e empresários queiram morar e investir na cidade”, questionou. Koelln apontou que há um longo caminho a ser percorrido e que a entidade está de porta abertas para contribuir na busca de soluções para a melhoria do ambiente empreendedor.


O prefeito municipal Ary Vanazzi, na fala que antecedeu ao discurso de Siegfried Koelln, destacou a sinergia entre o poder público e a ACIST-SL em diversos projetos construídos ao longo dos anos, apontando como exemplo a criação e desenvolvimento do Parque Tecnológico Tecnosinos, cujo embrião surgiu em 1998 e que hoje é um dos mais importantes do País.


“Sabemos que temos desafios importantes quanto à Educação, Saúde e Assistência Social e contamos com o apoio da sociedade”, disse, apontando ações como o Programa 3 Mil Talentos para a preparação de técnicos em Tecnologia da Informação, que vem sendo desenvolvido com parcerias público-privadas. Salientou ainda a constituição da Câmara Temática da Indústria, formada por sindicatos de trabalhadores e da indústria e pelo poder público, com o objetivo de formar trabalhadores para o setor metal mecânico.


Autoridades


Prestigiaram a posse autoridades como Juliano Maciel, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico; Rodrigo Zucco, delegado da 2ª Delegacia de Polícia Civil de São Leopoldo; Rosângela Herzer do Santos, conselheira Federal da OAB Nacional e ex-presidente da ACIST-SL gestão 2012/2013; Leandro Hilbk, ex-presidente da ACIST-SL gestão 2016/2017; Diogo Leuck, presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha; Olinto Menegon, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Leopoldo; Vagner de Lima Machado, presidente de Associação dos Empresários e Profissionais Liberais do Bairro Feitoria (ASSEMPLIFE); Maria do Socorro Bittencourt, representante do Sindicontábil Vale do Sinos; Renê Engroff, presidente da OAB Subseção São Leopoldo; Silvio Bittencourt, diretora da UNITEC; Andréa Guedes, diretora do SESC São Leopoldo; Bia Dauber, coordenadora Regional do Sebrae, representando o gerente Regional, Marco Copetti, Lianamar Rosa, diretora do SENAC São Leopoldo; e Lucas Heinemann, coordenador do Laboratório do Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros, representando a diretora Viviane Lovison.


Imprensa


O evento também contou com a presença de veículos de comunicação da região. Estiveram presentes formadores de opinião do Grupo Sinos (Rádio ABC e Jornal VS); Grupo Start Comunicação; Portal Berlinda, Jornal Noticiário, Vale TV e Com Brasil TV.


Fonte: ACIST-SL


0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png