Buscar

Acordo de 200 organizações entrega manifesto ao STF em defesa das eleições


Imagem: Reprodução/Internet

Os arroubos do presidente Jair Bolsonaro (PL) em relação à lisura do processo eleitoral brasileiro têm encontrado resistência em organizações da sociedade civil organizada. O Pacto pela Democracia, coalizão composta por 200 entidades autônomas, entregou um manifesto ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, nesta quarta-feira (11), com mensagem de repúdio aos "discursos antidemocráticos que enaltecem ideias de cunho autoritário", em alusão ao atual chefe do Executivo.


O procurador de Justiça Roberto Livianu, colunista do Estadão, representou a coalizão ao lado de outras lideranças parceiras no encontro com Fux. Ele é presidente do Instituto Não Aceito Corrupção, uma das organizações que assinam o manifesto. Segundo Livianu, o presidente do Supremo garantiu que, na composição da Corte, o placar em defesa da democracia é de "11 a zero".


No manifesto entregue ao presidente do Supremo, a coalizão Pacto pela Democracia afirma que o País viverá as eleições mais desafiadoras da história, "em função dos sistemáticos e infundados ataques do presidente Jair Bolsonaro, e de seus apoiadores ao processo e às instituições eleitorais".


O documento ainda argumenta que "descredibilizar e enfraquecer o processo eleitoral interessa apenas àqueles que não têm compromisso com a expressão da vontade popular", novamente em alusão a Bolsonaro.


Fonte: GZH

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png