top of page
Buscar

Adolescente suspeito de planejar ataque em escola de Maquiné será encaminhado à Fase


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

O adolescente investigado por planejar ataque em uma escola de Maquiné, no Litoral Norte, será encaminhado para a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase). A decisão foi tomada pela juíza Conceição Aparecida Canho Sampaio, plantonista do Juizado Regional da Infância e Juventude de Osório, após uma audiência realizada na tarde desta quarta-feira (12). Ele ficará internado de forma provisória, enquanto a investigação do caso segue em curso.


O suspeito foi apreendido durante uma operação da Polícia Civil e da Brigada Militar na nesta terça-feira (11). Segundo a apuração, ele planejava um ataque na cidade, que poderia acontecer até sexta-feira (14).


Durante a ação, foram apreendidos vários materiais relacionados ao neonazismo, como bandeiras, imagens de Adolf Hitler e Benito Mussolini, além de simulacro de arma de fogo, facas, canivetes, fardas camufladas e capacetes. Com as provas obtidas, o adolescente deve responder por ato análogo a terrorismo, apologia ao nazismo e organização criminosa.


Durante a audiência, também foi definido que os pais do adolescente ficarão presos de forma preventiva. Eles haviam sido detidos em flagrante durante a operação. O pai foi levado para a Penitenciária de Osório, enquanto a mãe foi transferida para o Presídio Feminino de Torres. Os dois devem responder por apologia e organização criminosa.


A Polícia Civil deverá decidir quais órgãos serão encarregados de apurar os dois inquéritos. Em âmbito judicial, o fato será apurado pela Vara Criminal do Foro de Osório.


Adolescente admitiu ser dono dos materiais


As buscas na casa do adolescente foram feitas pela equipe do diretor do Grupamento de Operações Especiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), delegado Marco Antônio de Souza.


Segundo ele, inicialmente, o adolescente admitiu que todos os objetos eram dele e confirmou a elaboração do plano, mas relatou que não tinha data específica. Souza acredita que o alvo seria a escola onde ele estuda, em Maquiné, e que aconteceria durante a manhã desta quarta-feira.


As polícias gaúchas souberam do plano após a apreensão de um adolescente no Paraná na terça-feira (11), que também é suspeito de planejar ataques. Por meio da análise do celular dele, foi descoberta a ligação com o adolescente do RS. Os dois estavam combinando ações em escolas nos dois Estados.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page