Advogado do suspeito de matar colega dentro de empresa entra em contato com a polícia

O advogado do homem suspeito de matar um colega dentro de uma empresa em São Leopoldo entrou em contato com a polícia no fim da tarde desta quarta-feira (08). Ele pediu vista aos autos do processo relativo ao crime ocorrido na manhã da última segunda-feira (06).


O paradeiro do funcionário de 54 anos, que não teve a identidade revelada, ainda é desconhecido. A delegacia de homicídios da cidade, no entanto, espera que ele se apresente nos próximos dias.


Ao mesmo tempo, pelo quarto dia seguido, os agentes fazem buscas em locais onde ele possa estar. A intenção é levá-lo à delegacia para prestar esclarecimentos. Não há mais possibilidade de prisão em flagrante.


O funcionário da empresa Sulcromo, Marcelo Camillo, 36 anos, foi atingido no peito por uma ferramenta de corte durante o expediente, na manhã de segunda-feira (06). Ele e o suspeito tinham histórico de desavenças e teriam discutido porque a vítima fez um intervalo para tomar café em momento considerado indevido pelo suposto autor do crime.


Segundo boletim médico, Camillo foi atingido por duas estocadas. Ele chegou a ser hospitalizado e passou por cirurgia, mas teve três paradas cardíacas e não resistiu.


Fonte: GZH

1 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png