top of page
Buscar

Agentes de Combate às Endemias realizam visitas a domicílios para localizar focos do Aedes aegypti


Imagem: Romeu Finato/ PMSL.

O período de chuvas intercalado com dias quentes é ideal para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. O trabalho de prevenção é feito diariamente pelos Agentes de Combate às Endemias (ACE) por meio de visitas domiciliares nos bairros de São Leopoldo.


A coordenadora da Vigilância Ambiental, Maria do Carmo Moraes, pede que a população faça sua parte cuidado das casas e dos pátios. Além disso, é necessário que os moradores recebam os servidores em suas residências. “Nossos agentes são identificados com crachás e coletes verdes. É importante permitir que eles façam a verificação dos focos dentro dos pátios. O Aedes é um inseto que se utiliza da água limpa e de recipientes muitas vezes pequenos, como tampas de garrafa. O olhar e a orientação de profissionais pode ser determinante nesse momento”, salienta.

Os servidores também visitam pontos estratégicos, como cemitérios; borracharias; floriculturas; ferros-velhos e depósitos de material de construção. Quando são encontrados focos do mosquito ou possíveis criadouros, a equipe realiza atividades educativas, tratamento mecânico (eliminação de criadouros) e coleta de amostras para identificação laboratorial.


Somente em 2022, foram notificados 2.534 casos e quatro óbitos por dengue no município. Diante do quadro, a Secretaria da Saúde (Semsad) intensificou ações de conscientização para evitar uma nova onda. Nesse ano, ocorreram dois casos confirmados de pessoas que vieram de outras cidades.


Sintomas

A população deve ficar atenta aos sintomas: dor de cabeça e febre alta, dor atrás dos olhos, dor muscular, dor nas articulações, apresentar manchas vermelhas na pele, erupções na pele, náuseas, vômitos. Nesse caso, a orientação é que a pessoa procure a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa.

Cuidados dentro das casas e apartamentos:

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;

  • Mantenha as calhas sempre limpas;

  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;

  • Mantenha lixeiras bem tampadas;

  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;

  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;

  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.

Área externa de casas e condomínios:

  • Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas;

  • A água da piscina deve ser tratada o ano inteiro.

  • Limpe ralos e canaletas externas;

  • Atenção com bromélias, babosas e outras plantas que podem acumular água;

  • Deixe lonas bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;

  • Guarde os pneus em local coberto ou fure-os para que não acumulem água;

  • Não deixe água da chuva acumulada em qualquer lugar.


Fonte: PMSL

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page