AGU PEDE DIREITO DE RESPOSTA À REVISTA ISTOÉ E SUGERE NOVA CAPA COM PRESIDENTE BOLSONARO


BRASÍLIA: a Advocacia Geral da União (AGU) encaminhou uma notificação extrajudicial à revista IstoÉ na qual pede direito de resposta após a revista ter publicado em sua última edição uma imagem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caracterizada como o líder nazista Adolf Hitler. O órgão sugere uma nova capa, enviada pronta, na qual afirma que Bolsonaro defendeu o direito à vida, ao emprego e à liberdade.

Capa sugerida pela AGU em pedido de direito de resposta à IstoÉ


Na sua edição de sexta-feira (16), a IstoÉ trouxe uma reportagem sobre o desempenho de Jair Bolsonaro no combate à pandemia do novo coronavírus.


“O Brasil está enfrentando seu momento Nuremberg [tribunal que julgou crimes do regime nazista]. É hora de compreender a extensão da catástrofe perpetrada pelo presidente e por seus asseclas. E é o que a comissão está fazendo”, escreveu a revista para justificar a comparação de Bolsonaro a Hitler.


A AGU, por sua vez, afirmou que “essa veiculação não condiz com a verdade dos fatos” e que “a notícia veiculada atinge direta e indevidamente a imagem do Presidente da República, como chefe de Estado e do governo no país e no exterior.”


O órgão argumenta, ainda, que teria se mostrado “o periódico, estranhamente, omisso sobre os programas e avanços públicos desenvolvidos pelo Estado Brasileiro na seara da saúde desde o início da crise sanitária, no que repercute em difusão de informações dotadas de parcialidade, com prejuízos não só ao agente alvo de infundada criminalização, mas ao público leitor, o que corrobora a pertinência deste pedido de resposta”.


Fonte: SCOM/PMSL

0 comentário