top of page
Buscar

Alessandro Barcellos e Roberto Melo avançam para o segundo turno das eleições do Inter


Imagem: divulgação/ Internacional.

A eleição presidencial do Inter irá para o pátio. Em votação no Conselho Deliberativo, Alessandro Barcellos foi o vencedor no primeiro turno, obtendo 150 votos e superando Roberto Melo, que teve 130. Assim, ambos disputarão o voto do sócio em 9 de dezembro.


Além dos votos nos dois candidatos, foram registrados 21 inválidos (brancos e nulos). Dos 338 conselheiros aptos a votarem, 37 não participaram do pleito.


Assim, caberá aos associados aptos, mais de 70 mil, a escolha da chapa que comandará o clube no triênio 2024-2026. O pleito em 9 de dezembro e promete ser o mais disputado da história colorada e o de maior adesão dos sócios.


Vencedor do primeiro turno, Alessandro Barcellos comemorou o resultado. "Foi uma etapa formal, os conselheiros se manifestaram na urna, com mais de 300 conselheiros votando. Foi uma vitória da gestão que trabalhou na maior parte do tempo com um terço do conselho e isso mostra que aumentamos o apoio. Essa vitória é dedicada a eles", disse.


Ele falou ainda sobre o novo momento da eleição. "Campanha diferente, estamos na gestão. Nossa responsabilidade é grande, prioridade é a gestão do clube. Temos movimentos que podem falar em nome da chapa, esperamos mostrar aos torcedores as ideias que temos para uma nova etapa, de avanços, com convicção de que não fizemos tudo, mas fizemos muito", pontuou.


Roberto Melo também avaliou o resultado. "Com muito orgulho participei desta primeira etapa, noite importante em que o Inter mostrou mais uma vez ser o clube mais democrático do Brasil. Nosso projeto não é do Melo, do movimento, é de muita gente. Fomos mais de 500 horas de trabalho, projeto para fazer o Inter gigante de novo. A partir de agora vamos mostrar aos associados nossos projetos", falou.


O candidato anunciou que o empresário Delcyr Sonda fará parte da gestão. Ele será vice-presidente de investimentos no futebol, que ocupará uma cadeira junto ao Conselho de Gestão. E falou sobre o novo cargo.


"Recebo com muito orgulho o convite e aceitei. Me sinto honrado por participar da gestão do clube. É o que sei fazer na vida, o que aprendi com meus pais. Ajudei tantas vezes o Inter, mas o que quero, agora, é montar um grande clube, construir CT, nossa base", disse Sonda.


Desde o início da noite, os conselheiros começaram a formar fila, confraternizar, debater e tentar obter votos de última hora. Figuras históricas e dirigentes com bagagem estiveram no Estádio Beira-Rio para a eleição.


Os ex-presidentes Fernando Carvalho, Giovanni Luigi, Marcelo Medeiros, os ex-vices João Patricio Herrmann, Emilio Papaleo Zin, Roberto Siegmann e outros tantos integrantes de direções passaram pelo saguão do Conselho Deliberativo. Os associados votarão em 9 de dezembro, em um pleito que será tanto presencial quanto pela Internet.


Fonte: GZH

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page