top of page
Buscar

Alvo de operação policial escapa deixando tornozeleira eletrônica intacta no bairro Vicentina


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

Um homem alvo de ordem judicial conseguiu escapar de uma operação policial nesta quarta-feira (20), em São Leopoldo, mesmo usando tornozeleira eletrônica. Isso porque o equipamento foi retirado e encontrado sem marcas de violação no local onde o suspeito deveria estar durante o cumprimento de mandado de busca.


O suspeito foi alvo nova fase da Operação Irmandade, da Polícia Civil, que desde 2021 combate uma rede de lavagem de dinheiro obtido a partir do tráfico de drogas. Ele é investigado por suspeita de lavar dinheiro para a organização criminosa.


Em um endereço no bairro Vicentina, a Polícia Civil buscava recolher celulares e documentos do suspeito, que possui antecedentes por roubo a banco, homicídio, associação criminosa armada, roubo de veículo e tráfico de drogas.


"Era para ele estar na residência, conforme informações. No cumprimento, descobrimos que ele não estava em casa, que estava aberta, e vimos a tornozeleira intacta dentro do quarto", disse o delegado Adriano Nonnenmacher. Segundo a Polícia Penal o equipamento estava com carga na manhã dessa quarta e com o carregador acoplado.


A investigação para saber como a tornozeleira foi removida ficará a cargo da Polícia Penal.


Nesta terceira fase da Operação Irmandade, foram cumpridas 23 ordens judiciais e diligências, dentre mandados de busca e indisponibilidade de bens no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.


No RS, a operação ocorreu em Porto Alegre, São Leopoldo, Gravataí, Sapucaia do Sul, Lajeado, Santa Maria, Panambi e Ijuí.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page