Anvisa anuncia resultado de análise técnica do uso da Pfizer em crianças nesta quinta-feira


Pedido de aprovação é para imunizar crianças de 05 a 11 anos contra o coronavírus. | Imagem: Alina Souza/ Correio do Povo.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) anuncia nesta quinta-feira o resultado da avaliação técnica sobre o pedido de indicação da vacina Pfizer contra Covid-19 para crianças.


A vacina foi desenvolvida pela Pfizer/Wyeth, que submeteu à Anvisa os dados e os estudos de segurança que embasam o pedido de aprovação de indicação da vacina para crianças da faixa etária de 5 a 11 anos.


"A finalização da análise ocorre após a submissão à Agência de dados complementares pela desenvolvedora", destacou o órgão regulador em nota. "Além do corpo técnico da Agência, a avaliação contou com a participação de representantes de sociedades médicas brasileiras", concluiu.


O uso do imunizante Pfizer para crianças, com dosagem reduzida para faixa-etária, é autorizado em diversos países, como Espanha, Itália e Portugal. A vacinação é possível na União Europeia desde que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) autorizou seu uso em 25 de novembro.


Pedido de liberação da Coronavac também tramita no órgão


O pedido de liberação da Pfizer não é o único destinado à imunização de crianças que tramita na Anvisa. Na semana passada, o governo de São Paulo anunciou que enviaria um segundo pedido para análise da Coronavac para aplicação em menores de 3 a 11 anos.


O primeiro pedido foi protocolado em agosto deste ano. A diferença, segundo o governador João Doria, é que agora o pedido é acompanhado de estudos feitos pela Sinovac – laboratório chinês que produz a Coronavac.


A Coronavac ainda não obteve o registro sanitário definitivo na Anvisa — é aplicada sob autorização temporária de uso emergencial —, o que deve excluir o imunizante do Programa Nacional de Imunizações (PNI) após o fim do período pandêmico.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário