Assassinato de Isabella Nardoni completa 14 anos e artista simula como ela estaria hoje; confira


Imagem: reprodução/ Instagram.

Nesta terça-feira (29), o assassinato de Isabella Nardoni completa 14 anos. Para homenagear a menina que foi morta aos 5 anos pelo próprio pai e a madrasta, Hidreley Dião simulou como ela estaria hoje com 19 anos.


O artista usou recursos de edição de imagens e inteligência artificial para produzir a foto de Isabella. Morador de Botucatu, no interior de São Paulo, ele compartilhou a homenagem em seu perfil no Instagram.


“Há exatos 14 anos um crime bárbaro deixava o Brasil em luto”, escreveu Hidreley na rede social. Em seu perfil, com 214 mil seguidores, o artista também mostrou simulações de outras quatro crianças que foram assassinadas. Relembre o caso Isabella Nardoni, 5 anos, foi jogada da janela do 6º andar de um prédio em São Paulo em março de 2008. A garota, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu, estava com o pai Alexandre Nardoni e com a madrasta Anna Carolina Jatobá.


Os dois afirmaram que uma pessoa tinha entrado no apartamento e jogado Isabella pela janela. No entanto, após as investigações, a Polícia Civil constatou que Isabella foi espancada e esganada pela madrasta, antes do pai jogá-la pela janela. A perícia também constatou que Alexandre Nardoni bateu na menina ainda dentro do carro, quando estavam voltando do mercado para casa.


Fonte: Metrópoles

0 comentário