Atrasados do INSS: Justiça libera R$ 1,4 bilhão para mais de 94 mil beneficiários


O valor referente aos atrasados cobrados na Justiça por 94.698 de beneficiários do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) já foi liberado pelo CJF (Conselho da Justiça Federal). O total é de R$ 1,4 bilhão, que será usado para quitar 75.547 processos.


O montante é referente aos processos de aposentados que venceram ações na Justiça em agosto. Os dinheiro é liberado em até 60 dias, o que significa que quando o juiz decreta o pagamento em setembro, o depósito pode ser feito até novembro.


De acordo com a Folha de São Paulo, só o TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) pagará R$ 205 milhões a 9.766 beneficiários que abriram 8.414 processos. O órgão atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.


As RPVs (Requisições de Pequeno Valor) são usadas em ações em que envolvem até 60 salários mínimos (R$ 66 mil atualmente). Caso a soma seja superior a esse valor, o aposentado recebe por meio de precatórios, que são liberados apenas uma vez ao ano.


Em 2021, o pagamentos dos precatórios já foi feito. Isso significa que quem ganhou um processo recentemente terá que esperar até o próximo ano.


Fonte: Conselho Nacional de Justiça e Portal capitalist.com.br

0 comentário