top of page
Buscar

Autorizado o pagamento de auxílio de R$ 2,5 mil a famílias gaúchas atingidas por ciclone de junho


Imagem: Maria Eduarda Fortes.

Famílias afetadas pelos temporais decorrentes da passagem de um ciclone extratropical pelo Rio Grande do Sul em junho receberão benefício emergencial de R$ 2,5 mil, creditado no Cartão Cidadão. A medida foi sancionada nesta quarta-feira (12) pelo governo gaúcho, no âmbito da lei que prevê esse tipo de ajuda a vítimas de situações de calamidade ou emergência por eventos climáticos.


O projeto havia sido encaminhado à Assembleia Legislativa pelo governador Eduardo Leite após os temporais dos dias 15 e 16 do mês passado, que deixaram várias mortos e milhares de desabrigados em diversas cidade. O Parlamento aprovou o texto por unanimidade nesta semana e coube a rubrica ao vice-governador Gabriel Souza, que comanda temporariamente o Executivo devido à viagem do titular aos Estados Unidos.


“Com a nova lei, sempre que houver necessidade de repasse para famílias atingidas por eventos climáticos, o governo poderá emitir um decreto especificando regras e critérios para a situação”, frisou Souza.


No caso do primeiro auxílio a ser pago, o levantamento dos beneficiários é realizado pela Secretaria de Assistência Social (SAS), com base em dados do Cadastro Único (CadÚnico) e das prefeituras. O dinheiro tem por finalidade permitir a compra de itens como móveis e colchões, dentre outras ações para amenizar os impactos e prejuízos sofridos pela população mais vulnerável.


Para situações futuras, o auxílio também corresponderá a um repasse por núcleo residencial, podendo o pagamento ser único ou em prestações. No cálculo do valor, serão consideradas a disponibilidade orçamentária do Estado e a gravidade do evento climático, bem como o preenchimento de critérios definidos por cadastros públicos oficiais.


Fonte: O Sul

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page