Bebê é encontrada em caixa de papelão com carta em SC; polícia vai investigar


Menina foi encontrada em uma rua de Palhoça, na Grande Florianópolis | Imagem: Samu/Reprodução

Uma bebê foi encontrada na noite de terça-feira (1), em uma rua na cidade de Palhoça, na Grande Florianópolis, dentro de uma caixa de papelão. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), com a recém-nascida de um dia de vida havia uma carta. A Polícia Civil vai investigar o caso.


A criança foi encontrada após uma pessoa que disse ser mãe da dela ligou para o Samu e afirmou que a bebê estava em um terreno próximo da instituição.


"Por favor, cuidem dela. Não sou daqui de Palhoça, mas minha patroa me mandou embora depois que ganhei ela. Estou indo embora e não tenho condições de criar ela sozinha. Deem ela para alguém que vai cuidar bem dela e ter condições de criar ela", dizia o bilhete encontrado com a bebê.


Segundo a delegada Gisele de Faria Jerônimo, da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCami) de Palhoça, um inquérito será aberto para apurar um possível crime de abandono de incapaz. A Polícia Civil também busca encontrar imagens do local para identificar a mãe.


Abandonar uma pessoa que está sob os cuidados de alguém e que não consegue se defender sozinha é crime previsto no Código Penal Brasileiro. A pena pode variar a 6 meses a 3 anos de prisão.

Criança foi encontrada na noite de terça-feira (1º) em Palhoça | Imagem: Samu/Divulgação

Carta encontrada junto com a criança | Imagem: Samu/Divulgação

A pessoa que escreveu a carta ainda disse que a menina havia nascido na terça-feira (28), às 6h e pediu para que ninguém a procurasse, pois havia conseguido uma carona para o Rio Grande do Sul.


Após o resgate, ela foi levada para o Hospital Infantil e depois para o Hospital Universitário, em Florianópolis, e passou por atendimento. Após receber alta, a criança ficará aos cuidados da assistência social municipal e deve ser encaminhada para uma casa lar temporária.


Fonte: G1

0 comentário