top of page
Buscar

Bebê passa mal em escolinha de Estância Velha e é internado em UTI com hemorragia cerebral



Imagem: Stephany Sander/ Correio do Povo.

A Polícia Civil investiga o caso envolvendo um bebê de cinco meses que passou mal em uma escola de educação infantil em Estância Velha, e foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Regina, em Novo Hamburgo. O menino teve um quadro de hemorragia cerebral e ficou internado por 10 dias. A criança recebeu alta neste domingo (17).


De acordo com o delegado Rafael Sauthier, responsável pela investigação, o caso é tratado como suspeita de lesão corporal. Os pais da criança e a proprietária da escolinha já foram ouvidos. O bebê não estava com hematomas nem apresentava lesões aparentes. Não há informação sobre o estado de saúde do menino após a alta hospitalar.


"Houve uma primeira informação de que a criança poderia ter caído e levado uma pancada na cabeça, porém, os médicos descartaram qualquer trauma. Não ocorreu isso, está descartado", pontua Sauthier.


Em nota enviada ao g1, a proprietária da instituição afirmou que "a escola tem uma equipe qualificada, treinada e preparada para atender as crianças" e que "assim como a família e a comunidade, estamos abalados e ansiosos por um esclarecimento do fato".


O Hospital Regina, para onde o bebê foi transferido após um primeiro atendimento em Estância Velha, confirmou que a criança chegou na UTI pediátrica no dia 6 deste mês e recebeu alta no domingo. A instituição não detalha informações sobre os procedimentos realizados no período.


Não há câmeras no local onde o bebê estava. As imagens obtidas pela polícia, de outras dependências, mostram o menino sendo atendido por monitoras.


"A escolinha juntou imagens da sala principal, do saguão, e aparece o momento que as professoras saem lá de dentro com a criança já desfalecida e levam para socorro. Mas essas imagens não ajudam para elucidação, porque não são da peça onde a criança estava", esclarece o delegado.


A polícia apura se a hemorragia cerebral foi provocada pela chamada "síndrome do bebê sacudido". O quadro está relacionado com o impacto de movimentos bruscos e em alta velocidade.


Nota da proprietária da escola infantil


"Nós já demos o nosso depoimento na Delegacia de Polícia de Estância Velha, dando a nossa versão dos fatos. Assim como a família e a comunidade, estamos abalados e ansiosos por um esclarecimento do fato.


A escola tem uma equipe qualificada, treinada e preparada para atender as crianças. Estamos acompanhando de perto as investigações e olhando, de forma imparcial, também para outras possibilidades, fora da escolinha. É importante destacar que o bebê não está mais no hospital".


Fonte: g1

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page