Bloco Não Cutuca que eu me Empolgo promove o Cutuca na Praça, em São leopoldo


Três DJs e a banda do Bloco vão dar o tom da programação. | Imagem: reprodução/Redes Sociais.

No dia 7 de novembro, o Bloco Não Cutuca que eu Me Empolgo realizará o evento Cutuca na Praça, a partir das 15h. Está prevista uma roda de samba na Praça Vinte de Setembro, conhecida Praça da Biblioteca. O Cutuca na Praça retoma as atividades culturais do bloco, assim como já esquenta para o carnaval em São Leopoldo. O evento conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Relações Internacionais (Secult).


Três DJs e a banda do Bloco vão dar o tom da programação. O evento será aberto ao público e gratuito, respeitando todos os protocolos de segurança contra a covid-19 e com ponto de vacinação aberto ao público.


O Bloco realizou o seu último desfile no dia 14 de março de 2020 que foi um dos grandes eventos públicos e gratuitos na cidade antes do isolamento social devido a pandemia do covid-19. De acordo com a integrante do Bloco, Agda Santos, a pandemia trágica resultou em grandes perdas para a cidade.


“Em respeito, o bloco permaneceu sem eventos e no incentivo pelo autocuidado e vacinação geral da população. Com o novo decreto, o quadro positivo de vacinação, bem como, o anseio da população por eventos culturais, o Não Cutuca retoma suas ações. Respeitando todos os protocolos, fomentando o cuidado”, disse.


O Bloco Não Cutuca que eu Me Empolgo, conhecido como bloco eclético e da diversidade pelos leopoldenses, tem por objetivo resgatar características de carnavais dos anos 80, ocupando espaços públicos, promovendo a diversidade musical e ideológica em eventos gratuitos.


De organização independente e autogestionário, vem desde 2015 promovendo ações na cidade, criando reflexões, experiências e diálogo social.


Blitz da vacinação


Para incentivar os foliões a festejar com segurança, a Secretaria da Saúde promoverá no local a Blitz da Vacinação, das 15h às 19h. Serão disponibilizadas primeiras, segundas e terceiras doses. Por conta da falta de repasses do imunizante da marca AstraZeneca/Fiocruz, a Prefeitura atende a recomendação do Estado de utilizar a marca Pfizer para a dose complementar. A data de corte será 6 de agosto.


Quem fez a primeira dose com a própria Pfizer segue o cronograma de corte do dia 23 de setembro. A Coronavac/Butantan será aplicada para quem completou 21 dias de intervalo da primeira.Para receber a primeira dose é necessário documento com foto, CPF e Cartão SUS. Para a segunda dose é necessário levar Cartão de Vacinação e documento com foto.


Terceira dose para pessoas de 60 anos ou mais com 6 meses da segunda dose é necessário levar apenas cartão de vacinação e documento com foto. Para profissionais da saúde com 6 meses da segunda dose, é preciso levar documento com foto, CPF, comprovante de vacinação, contracheque, contrato ou carteira de trabalho. Para pessoas com Imunossupressão com 28 dias da segunda dose, é necessário cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de sua situação de saúde.


Fonte: PMSL

0 comentário