Boate é interditada pelo Corpo de Bombeiros em Erechim por uso de artefatos pirotécnicos


Conforme a 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Erechim, a denúncia contra a casa noturna foi feita por um morador que não quis se identificar. | Imagem: reprodução/ Redes Sociais.

Uma casa noturna foi interditada pelo Corpo de Bombeiros, na quarta-feira (15), em Erechim, no Norte do Rio Grande do Sul. Segundo uma denúncia feita ao Ministério Público (MP), houve uso de artefatos pirotécnicos no interior da boate na última sexta-feira (10).


Na mesma data, o 2º Juizado da 1ª Vara do Júri de Porto Alegre condenava os quatro réus pelo incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, motivado pelo uso de fogos de artifício em local fechado. 242 pessoas morreram e outras 636 ficaram feridas.


A dona do estabelecimento confirmou à RBS TV o uso do material por um músico, mas disse não saber que o artefato era inflamável. Ela ainda afirmou que as solicitações das autoridades já foram cumpridas e que o DJ tinha treinamento para operar os fogos. A proprietária também disse que proibiu, a partir de hoje, o uso dos artefatos, mesmo com nota fiscal de procedência.


Conforme a 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Erechim, a denúncia contra a casa noturna foi feita por um morador que não quis se identificar. Por e-mail, ele enviou um vídeo de redes sociais que mostra o artefato aceso. Um homem no palco segura o objeto e faz movimentos durante a execução da música.


A pedido do promotor Gustavo Burgos, o Corpo de Bombeiros fez uma vistoria na boate na segunda-feira (13). Os agentes constaram outros problemas, como extintores de incêndio com o prazo de validade vencido, iluminação de incêndio funcionando parcialmente e funcionários sem treinamento para lidar com situações de emergência.


Os bombeiros confirmaram o pedido de uma nova vistoria, que deve acontecer entre esta quinta e sexta-feira (17).


Fonte: g1

0 comentário