Bolsonaro deve indicar André Mendonça atual Advogado Geral da União para para ocupar vagar no STF


BRASÍLIA: na tarde desta terça-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro anunciou durante reunião ministerial que indicará André Mendonça, advogado e pastor presbiteriano, para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF.


Atualmente, trabalhando na Advocacia Geral da União, Mendonça seria o ministro 'terrivelmente evangélico' que Bolsonaro disse ao ser eleito que iria colocar no STF.


Agora, após a indicação de Bolsonaro, o nome de André Mendonça será encaminhado para a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado), para que os parlamentares avaliem a indicação, que poderá ser negada.


Nos bastidores, há grande resistência ao nome de Mendonça ao STF, uma vez que o religioso já deu algumas vezes, declarações que dividiram opiniões da sociedade, como quando discordou da criminalização da homofobia, entre outros.


Redação do www.startcomunicacaosl.com.br/Fonte:

0 comentário