top of page
Buscar

Botão Alerta GCM/Escola começa a ser instalado na rede municipal de São Leopoldo


Imagem: divulgação/ PMSL.

Começou, nesta quinta-feira (20), a instalação do “Botão do Pânico” nas escolas municipais de São Leopoldo. Chamado de Botão GCM/Escola, a iniciativa possui um moderno sistema interligado à Guarda Civil Municipal (GCM). Ao ser ativado, ele dispara um alerta emergencial e, assim, as equipes de segurança mais próximas – instantaneamente – são acionadas e encaminhadas ao local.


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp), o botão ficará em espaço de fácil acesso para professores e funcionários das escolas e só deve ser utilizado em casos de ataque e de graves ameaças contra a comunidade escolar. Por ser um sistema rápido, todas as forças de segurança no entorno da unidade – GCM, Brigada Militar e Polícia Civil – são enviadas.

Este é um sistema integrado aos alarmes que as escolas já possuem, também monitorados pela GCM.


A titular da Semusp, Giselda Matheus, destaca a importância da Central de Comando e Monitoramento (Cecom) para o funcionamento dessa medida. “Cada um de nossos agentes trabalha com um rádio comunicador que possui um recurso para casos que necessitem de apoio urgente. Quando acionado, um alerta é emitido no Cecom e prontamente uma equipe é destinada ao local. Conseguimos implementar o Alerta GCM/Escola rapidamente, justamente por já termos essa ferramenta, que tem o mesmo método de funcionamento”, explica.


De acordo com o diretor de planejamento da GCM, Wagner Pires, todas as escolas municipais terão a nova ferramenta. “Nossa previsão é de que até o fim da próxima semana tenhamos todas as escolas municipais com o aplicativo já instalado. É uma forma eficiente de mantermos um contato direto com as escolas e tranquilizarmos os pais, alunos e funcionários. Tenho certeza que esse investimento significará um grande avanço para a nossa segurança”, afirma.


No total, o Município está investindo cerca de R$ 25 mil na implementação da nova tecnologia, com recursos da Secretaria Municipal de Educação (Smed). Até o momento, o sistema já foi instalado em 20 escolas.


Fonte: PMSL

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page