Brasil registra 662 mortes por Covid em 24 h, pior marca desde outubro


Imagem; Marcelo Camargo/ Agência Brasil.

O Brasil registrou nesta quinta-feira (27) 662 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 625.169 óbitos desde o início da pandemia.


Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 417 -- a maior registrada desde 11 de outubro do ano passado (quando estava em 440). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +201%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.


É também a pior marca de vítimas registradas em um só dia desde 5 de outubro do ano passado (quando tivemos 686). Brasil, 27 de janeiro


  • Total de mortes: 625.169

  • Registro de mortes em 24 horas: 662

  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 417 (variação em 14 dias: +201%)

  • Total de casos conhecidos confirmados: 24.782.922

  • Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 228.972

  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 170.572 por dia (variação em 14 dias: +150%)


O país também registrou 228.972 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 24.782.922 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia.


Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 170.572 - a maior marca registrada até aqui e marcando o décimo recorde seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +150%, indicando tendência de alta nos casos da doença.


Ceará não divulgou novos dados de casos ou mortes nas últimas 24 horas.


Dessa forma, a média móvel de vítimas atinge agora um patamar já bem acima do que estava às vésperas do ataque hacker que gerou problemas nos registros em todo o Brasil, ocorrido na madrugada entre 9 e 10 de dezembro. Na época, essa média indicava 183 mortos pela doença a cada dia.


Fonte: g1

0 comentário