top of page
Buscar

Busca de solução para a Ocupação Justo é tema de debate em Brasília


Imagem: divulgação/ PMSL.

Encontrar solução urbanística para a Ocupação Justo em São Leopoldo, onde moram mais de 2,5 mil famílias, fez parte de um encontro com o Ministério das Cidades, na tarde da quarta-feira (4). O secretário-geral de Governo (SGG), Nelson Spolaor, acompanhado do assessor e engenheiro do Semae, Ronan de Jesus, esteve reunido com a diretora de Regularização e Urbanização, Julia Lins Bittencourt, apresentando a situação da localidade, suas peculiaridades e um projeto básico que tinha sido debatido pelo prefeito Ary Vanazzi com a Casa Civil.


Conforme a prefeitura, tão logo seja possível garantir o enquadramento do projeto, o documento será cadastrado no governo federal para viabilização dos recursos para o desenvolvimento de solução urbanística e habitacional para uma área privada, onde milhares de famílias residem.

De acordo com Spolaor, “esse é um grande projeto que devemos protocolar no governo federal para buscar recursos e alternativas que possamos viabilizar uma solução para a Ocupação Justo, onde mais de 2,5 mil famílias mora E de fato não é uma questão simples. Se trata de uma questão bem complexa, uma área grande, muitas famílias, então nosso encontro aqui foi justamente de apresentar nossa proposta inicial, para junto com as equipes do Ministério das Cidades e do Governo Lula, apontar caminhos e soluções”.

No encontro, Júlia foi convidada a vir a São Leopoldo conhecer de perto a situação, conversar com as lideranças e definir o melhor caminho para a região.


Fonte: PMSL


0 comentário

Kommentare


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page