top of page
Buscar

Cachorro vítima de maus-tratos é resgatado no bairro Santos Dumont


Imagem: Bianca Amábile/ PMSL.

O Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) Ipson Pavani, da Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo, em uma ação conjunta com a Secretaria de Proteção Animal (Sempa) e a Polícia Civil, realizou o resgate de um cachorro vítima de maus-tratos. O resgate ocorreu nesta quinta-feira (11), no bairro Santos Dumont, após uma denúncia de vizinhos sobre seguidos espancamentos do animal. Ao chegar no local indicado, o cão da raça pitbull foi encontrado amarrado em uma corda nos fundos do pátio em situação degradante. Ele apresentava algumas lesões, porém não estava desnutrido.


O agressor não foi encontrado na residência, mas foi identificado e a Polícia Civil vai abrir um processo de inquérito para indiciá-lo. De acordo com informações, o cachorro era de um vizinho que está viajando. Conforme relatos de moradores, as agressões eram motivadas pela irritação do agressor com o barulho do animal. Além do cão agredido, um outro filhote que estava no local foi resgatado, pois poderia ser submetido aos mesmos maus-tratos.


O titular da Sempa, Walter Verbist, disse que os cães vão para um lar temporário, “Ele vai ficar sob os cuidados desse tutor enquanto é agilizado o processo de adoção”, afirmou. Verbist também destacou a importância da comunidade em denunciar casos de agressão contra animais. “Disponibilizamos os seguintes telefones para contato (51) 2200-4448 da Sempa e (51) 99701-1738 da Polícia Civil que também pode ser acionado pelo WhatsApp”, comentou.


A Lei 14.064/2020 determina, para quem maltratar cães e gatos a pena de 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3. A Patrulha Canina ocorre todas as quintas-feiras, e verifica casos de denúncias de maus-tratos a animais.


Fonte: PMSL

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page