top of page
Buscar

Cadastro Estadual de Habitação é lançado no Rio Grande do Sul


Imagem: divulgação.

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária do Rio Grande do Sul (Sehab) lançou nesta segunda-feira (28) o Cadastra RS para identificar a demanda habitacional e servir de base para a política de habitação de interesse social no Estado. A ferramenta foi elaborada pela Procergs (Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do RS) e já está disponível no site da Sehab.


O Cadastra RS é um banco de dados com informações sobre possíveis beneficiários, sejam os pretendentes à moradia popular ou os que desejam regularização fundiária. O cadastro terá dados como quantidade e definição dos moradores na residência, renda familiar, entre outros. A comprovação das informações ficará sujeita à análise documental feita pela Sehab.


“Quando eu entrei na secretaria de Habitação, era incômodo o fato de nós não sabermos o tamanho do déficit habitacional no Estado e as áreas que nós precisávamos regularizar. Nós, hoje, trabalhamos com 30 Núcleos Urbanos Informais, mas todos eles são demandas do Judiciário”, disse o titular da pasta, Fabricio Peruchin.


“Através desse banco de dados, teremos um norte para estruturarmos as políticas públicas de habitação, identificando as localidades com maior necessidade, quantas e quem são as pessoas que precisam, além das áreas que precisam ser regularizadas, otimizando o direcionamento das ações da secretaria”, acrescentou o secretário.


O Cadastra RS também servirá de base para a habilitação do Estado nos programas do governo federal, como o Minha Casa, Minha Vida, no qual governo estadual está cadastrado como ente proponente, cabendo a ele indicar, por meio de um sistema auditável de cadastramento, as famílias que devem ser beneficiadas com as unidades financiadas pelo programa.


Para a divulgação do Cadastra RS, a Sehab também assinou um termo de cooperação com o Tudo Fácil, que reúne os principais serviços públicos para o cidadão e está presente em cinco cidades. As unidades funcionarão como pontos físicos para cadastro, com funcionários treinados para auxiliar no preenchimento dos dados.


Fonte: O Sul

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page