Buscar

Caminhoneiros do Espírito Santo deflagram greve contra reajuste da Petrobras no preço do diesel


Decisão foi anunciada na quarta-feira (11) | Imagem: Reprodução/Internet

Caminhoneiros autônomos do Espírito Santo anunciaram na quarta-feira (11), que vão entrar em greve — o movimento começou na madrugada de quarta para quinta-feira.


O ato, o primeiro deste ano, é uma resposta ao reajuste da Petrobras (PETR3;PETR4) no preço do diesel, que passou a vigorar na última terça-feira (10). Não foi possível confirmar a adesão de profissionais oriundos de outros estados do país.


Em comunicado à imprensa, o Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Espírito Santo (Sindicam-ES) dizem entender que “a situação ficou insustentável depois de tantos reajustes, seja no preço do diesel ou nos insumos que compõem o dia a dia do caminhoneiro”. A categoria também reivindica 26% de reajuste e aguarda novo acordo.


Reajuste do diesel

A Petrobras anunciou, na segunda-feira (9), aumento no preço do diesel e manteve inalterado o da gasolina. O preço médio de venda de diesel para as distribuidoras passou de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro.


Com o primeiro aumento da gestão de José Mauro Coelho, que assumiu a estatal no dia 14, o combustível acumula alta de 52,53% em 12 meses, conforme o IPCA-15.


O Ministério da Infraestrutura afirmou que está “discutindo alternativas” para aliviar o aumento dos preços aos consumidores.


Governistas querem evitar possível desgaste em ano de eleição, num momento em que adversários do presidente Jair Bolsonaro (PL) focam as críticas na alta de preços.


Fonte: InfoMoney

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png