top of page
Buscar

Campanha da CUT arrecada mais de R$ 170 mil para vítimas das enchentes no Vale do Taquari


Imagem: Guilherme Hamm/ Governo do RS.

Imagem: Guilherme Hamm/ Governo do RS.

A campanha emergencial de solidariedade da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Rio Grande do Sul arrecadou R$ 170,5 mil para vítimas das enchentes de setembro no Estado. No foco da iniciativa estão moradores das cidades do Vale do Taquari, região gaúcha que registrou as piores perdas humanas e materiais pela tragédia climática.


Lançada há mais de um mês e encerrada nesta sexta-feira (13), a ação solidária conta com a parceria de sindicatos e federações ligadas à entidade. O resultado tem sido o engajamento de diversos trabalhadores, cujas doações em dinheiro por meio do sistema Pix auxiliam na compra de suprimentos para reconstrução de residências devastadas por temporais, enxurradas e alagamentos.


O presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci, ressalta a importância do gesto em um momento de crise como o atual. "Como classe trabalhadora, é fundamental nos unirmos para ajudar quem enfrenta esse tipo de dificuldade”, afirma.


Donativos


Além do montante arrecadado, a campanha angariou alimentos não perecíveis, água potável, roupas, cobertores, produtos de higiene pessoal e itens de primeira necessidade. Os donativos foram recolhidos em postos montados nas sedes de diversos sindicatos em todo o Estado.


Para uma melhor destinação dos recursos, a Central organizou uma comissão de acompanhamento. O colegiado realizou duas reuniões com dirigentes dos sindicatos filiados no Vale do Taquari.


A primeira foi presencial, dia 21 de setembro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação da cidade de Encantado. Já a segunda foi virtual, na última segunda-feira (9).


Ficou definido que o valor arrecadado terá como destino a compra de fogões a gás e de microondas, camas de casal, colchões e lençóis, além de panelas, pratos e talheres. A estimativa é de que aproximadamente 500 trabalhadores sejam beneficiados pelos itens, a serem entregues no dia 25 de outubro.


“Estamos muito felizes, pois toda essa quantia arrecadada demonstra alta sensibilidade social e uma visão estratégica como classe trabalhadora, na luta por um mundo mais justo, humano e solidário”, enaltece Cenci.


Metalúrgicos


No início desta semana, a Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos do Rio Grande do Sul (FTM-RS) entregou à ação um cheque de R$ 70,5 mil, quantia amealhada entre os sindicatos filiados. O montante foi recebido em Porto Alegre pelo presidente da CUT-RS e pelo secretário de Administração e Finanças da entidade, Antônio Güntzel.


O presidente da FTM-RS, Lírio Segalla, manifestou-se na ocasião: “Chegamos a este número com a ajuda de diversos sindicatos de metalúrgicos, de todas as regiões do Estado. Algumas entidades também contribuíram diretamente em seus municípios.”


Fonte: O Sul

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page