Caps Aquarela promove ação entre crianças e jovens na Praça da Biblioteca


O Caps Aquarela é um serviço do SUS que atende pessoas com sofrimento psíquico grave desde bebês até adolescentes com 18 anos de idade. | Imagem: Romeu Finato/ PMSL.

A tarde desta terça-feira (07), foi diferente para os jovens do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil, conhecido como CAPS-IJ Aquarela, voltado para o serviço de saúde mental.

Os adolescentes trocaram as atividades de sala pelo verde e pelas sombras da Praça 20 de Setembro. A atividade começou com uma assembleia para analisar o ano que termina e projetar 2022.

“Trazer para a praça significa integrar na sociedade, no território, valorizar outras perspectivas, trabalhar autonomia, dar voz. Por isso fizemos questão de começar por essa assembleia”, explicou a assistente social Tatiane Barbosa.


Em seguida, a arte terapeuta Milena Maculan deu prosseguimento com exercícios de danças e expressão corporal. Um piquenique encerrou em grande estilo a tarde de confraternização ao ar livre.

O Caps Aquarela é um serviço do SUS que atende pessoas com sofrimento psíquico grave desde bebês até adolescentes com 18 anos de idade. De acordo com a psicóloga Cristina Cannas, que coordena o setor de Saúde Mental, a iniciativa conta com cerca de 200 jovens. “Todos contam com um plano terapêutico, feito após uma avaliação”, reforçou.

O acesso e acolhimento é aberto e realizado no local, na rua São Francisco, 897 – Centro, ou via Unidade Básica de Saúde (UBS). O atendimento pode ser feito também pelo telefone (51) 3588-4154.


Fonte: PMSL

0 comentário