top of page
Buscar

Casal apontado como liderança do tráfico de drogas no bairro Feitoria é preso


A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (5), um casal apontado como líder do tráfico de drogas no bairro Feitoria. Também foram apreendidos drogas, munições e explosivos. A prisão ocorreu durante investida denominada Operação Control, deflagrada pela 2ª Delegacia de Polícia (DP) da cidade. 


De acordo com o delegado André Serrão, que coordenou a operação, um homem de 46 anos e uma mulher de 37 anos seriam responsáveis por comandar o tráfico de drogas no bairro Feitoria. Com eles, foram encontrados mais de 95 tijolos de maconha que estavam escondidos em um depósito localizado na Avenida Integração.


Segundo o delegado, as investigações iniciaram há cerca de 30 dias.


"Nós monitoramos o homem preso nesta terça-feira ao longo de uma semana. Através desse acompanhamento, conseguimos estabelecer os detalhes da rotina e modus operandi do grupo. Consequentemente, descobrimos o local usado pela dupla para armazenar os ilícitos", explica. 


A investigação iniciou a partir de uma apreensão de drogas efetuada em novembro, no mesmo bairro. À época, a mulher presa na operação dessa terça havia sido flagrada com 696 pedras de crack, 39 porções de maconha, 24 buchas de cocaína, 9 tabletes de cocaína (cerca de 95 gramas), um tablete de maconha (25 gramas), uma porção de haxixe, um saco contendo maconha do tipo "camarão", duas balanças de precisão, diversas notas fracionadas de valores diversos e outros apetrechos relacionados ao tráfico de drogas. 


Segundo a polícia, na rotina, todos os dias, o homem suspeito saía de casa e seguia para os pontos de tráfico para reabastecimento. Na manhã dessa terça, os policiais civis cumpriram o mandado de busca e apreensão expedido pela comarca de São Leopoldo e chegaram ao local de armazenamento das drogas e artefatos explosivos. Além dos 95 tijolos de maconha, foram apreendidos mais de mil porções e torrões de crack, bem como pedras e um tablete de cocaína, além de bananas de dinamite e munições. 


Após a formalização da prisão, o casal foi encaminhado ao sistema prisional e permanecerá à disposição da Justiça. As identidades dos presos não foram divulgadas.


A Polícia Civil informa que o homem tem antecedentes por lesão corporal e tráfico de drogas, além de roubo, porte ilegal de arma de fogo e confronto com a Brigada Militar. Já a mulher tem registro policial por tráfico de entorpecentes, lesão corporal, falsidade ideológica e furto.


Fonte: GZH


0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page