top of page
Buscar

Caso de tartarugas mortas em vala de drenagem da vila Brás é investigado pela Semmam


Imagem: Lucas Kominkiewicz/ PMSL.

Diversas tartarugas foram encontradas mortas na vala de drenagem do arroio Gauchinho, na vila Brás, na divisa entre São Leopoldo e Novo Hamburgo, nesta quinta-feira (30). Devido às informações, uma equipe da Secretaria de Meio Ambiente (Semmam), coordenada pelo secretário Anderson Etter, esteve no local nesta sexta-feira (1º).

Durante a visita ao arroio Gauchinho, Etter destacou a atuação do Fórum dos Arroios, como um exemplo de participação popular e controle social, para fins de preservação ambiental e fiscalização, ressaltando ser uma situação atípica. “Estamos colocando em prática os protocolos que a circunstância exige. [Ao longo do dia] será feita uma vistoria na bacia do arroio Gauchinho para tentar identificar as possíveis causas da mortandade. Por ser a divisa com Novo Hamburgo, ( os órgãos ambientais do município vizinho foram avisados e também comunicamos a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam)”, disse.

O biólogo e assessor de gestão da Semmam, Joel Garcia, disse que os animais não morreram no local e possivelmente foram carregados pela correnteza de água. “É algo anormal, pois são animais bem resistentes e se adaptam em locais onde outros animais não sobreviveriam. Iniciamos um processo de investigação para buscar a causa e possíveis responsáveis. Se for configurado como um crime ambiental, as medidas administrativas e judiciais serão tomadas”, comentou.


Guilbert Trendt, da Redação Start

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page