Casos de covid em tripulação atrasam envio de doses da vacina para crianças no RS


Imagem: Jeff Kowalsky/ AFP.

Conforme o cronograma de vacinação do governo gaúcho, a imunização deve iniciar na próxima quarta-feira (19). As crianças com comorbidades, deficiências permanentes, indígenas e quilombolas serão as primeiras a serem contempladas. A estimativa da SES é que 96.427 pessoas integrem estes grupos. No total, o Rio Grande do Sul tem 968,9 mil crianças aptas a serem imunizadas com a vacina pediátrica da Pfizer.

A chegada do lote com 59.600 doses da vacina Pfizer destinada a crianças de 5 a 11 anos no Rio Grande do Sul foi adiada pela terceira vez. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), o Ministério da Saúde informou que foi preciso reorganizar a logística de distribuição, pois houve casos de covid-19 na tripulação de um voo. Agora, um novo avião deve pousar no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 13h15min desta sexta-feira (14).


Inicialmente, a remessa estava prevista para chegar no início da madrugada. Depois, foi informado que o pouso ocorreria às 8h40min. Assim que chegarem, os imunizantes serão levados a Central Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos (Ceadi), e distribuídos aos municípios na próxima semana.


Conforme o cronograma de vacinação do governo gaúcho, a imunização deve iniciar na próxima quarta-feira (19). As crianças com comorbidades, deficiências permanentes, indígenas e quilombolas serão as primeiras a serem contempladas. A estimativa da SES é que 96.427 pessoas integrem estes grupos. No total, o Rio Grande do Sul tem 968,9 mil crianças aptas a serem imunizadas com a vacina pediátrica da Pfizer.

Fonte: GZH

0 comentário