top of page
Buscar

CEEE Equatorial não tem prazo para normalizar energia em Porto Alegre

A distribuição de energia elétrica no Rio Grande do Sul ainda pode demorar para ser restabelecida na área de cobertura da CEEE Equatorial, após a tempestade que atingiu o Estado, e a Região Metropolitana, principalmente, nesta terça-feira (16). Na manhã desta quarta-feira (17), a empresa tinha 600 mil clientes sem luz.


Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, o superintendente técnico da empresa, Sergio Valinho, não quis cravar uma previsão para a normalização. "Num primeiro momento nossas equipes não podem trabalhar por questões de segurança. E esse é um trabalho conjunto, com apoio de bombeiros, Defesa Civil [...] E aí eu tenho serviços que podem durar um dia, dois dias. Então ainda é precipitado, nesse momento, pontuar um prazo", afirmou o superintendente.


Segundo Valinho, a estrutura da empresa foi bastante afetada pela chuva. "Os danos causados nas nossas redes foram severos. Desde condutores partidos, cabos partidos, até a estrutura que foi comprometida. Na maioria dos casos, o tempo de reparo desse tipo de situação é um pouco maior, porque nós vamos precisar reconstruir", avaliou.


O superintendente explicou, ainda, que alguns dos estragos podem levar mais de um dia para serem consertados. "Um único poste com uma rede simples, em até quatro horas a gente consegue reerguer a estrutura. Mas muitas vezes esse impacto da arborização com a nossa rede causa danos a mais de um poste. E aí eu tenho serviços que podem durar um dia, dois dias", explicou.


Reflexo na água


A falta de energia elétrica nas estações de tratamento da Capital acaba causando também o desabastecimento de água. Nessa quarta, o prefeito Sebastião Melo relatou que cinco das seis estações de Porto Alegre ficaram sem luz na noite de terça-feira, em decorrência da tempestade.


Onze casas de bombas enfrentam o mesmo problema. Conforme a prefeitura, 1,2 milhão de pessoas estão desabastecidas – a Capital tem 1,3 milhão de habitantes, conforme o IBGE.


O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) ressalta, porém, que ainda há reserva nas estações. Com isso, nem todos os clientes estão sem água, mesmo que isso acabe acontecendo, caso a energia não retorne.


Fonte: GZH

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page