Centro de Vacinação mantém a aplicação da vacina contra a covid-19 para pessoas acima de 12 anos


Foto: divulgação/PMSL

SÃO LEOPOLDO: nesta segunda-feira, 14 de março, a imunização contra a Covid-19 para pessoas acima de 12 anos continua no atual Centro de Vacinação localizado na Sede Social da Sociedade Ginástica, que fica na rua Conceição, nº 279, centro. O horário da vacinação será continua das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h.

A Unidade Móvel vai ofertar vacinas contra a covid-19 para pessoas acima de 12 anos, em frente às escolas EMEF Germano Sperb no horário das 9h às 11h30 e na EMEF Olímpio Vianna Albrecht das 13h30 às 16h que precisam iniciar ou completar o esquema de imunização. Unidade Móvel de Vacinação: EMEF Germano Sperb Rua Manoel Moura, 1501 - Vila Born Horário: 9h às 11h30 EMEF Olímpio Vianna Albrecht Avenida Integração, 955 - Feitoria Madezzatti Horário: 13h30 às 16h Primeira dose A primeira dose é ofertada a pessoas a partir dos 12 anos de idade. Para receber o imunizante é necessário comparecer aos locais com documento com foto, CPF e Cartão SUS. Reforço da Janssen e segunda dose A dose de reforço da marca Janssen terá como linha de corte para as pessoas que se vacinaram até o dia 26 de agosto. Para quem tomou AstraZeneca/Fiocruz, a Prefeitura atende a recomendação do Estado de utilizar a marca Pfizer para a dose complementar. A data de corte é dia 29 de novembro. Quem fez a primeira dose com a própria Pfizer o cronograma é do dia 29 de novembro. A Coronavac/Butantan será aplicada para quem completou 21 dias de intervalo da primeira. Para a segunda dose é necessário levar cartão de vacinação, documento com foto. Terceira dose A dose complementar é destinada para pessoas a partir dos 18 anos de idade. O tempo de intervalo entre as doses permanece de 4 meses, a data de corte é para todos que fizeram a segunda dose até o dia 05 de novembro. Com exceção dos imunossuprimidos, que necessitam de apenas 28 dias de intervalo para a terceira dose. Quarta dose Está disponível, também, a quarta dose, para imunossuprimidos acima de 12 anos. O intervalo de tempo entre a terceira e quarta dose é de 4 meses, a data de corte é para aqueles que fizeram a terceira dose até o dia 05 de novembro. Os locais de vacinação relacionados, além da Unidade Móvel, estarão aplicando a 4ª dose. Para ter direito à aplicação, os imunossuprimidos devem comprovar as doenças através de laudos. Profissionais de saúde: contracheque, carteira ou contrato de trabalho. Todos devem apresentar cartão de vacina. Imunossupressão - Imunodeficiências primária grave - Quimioterapia para câncer - Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras - Pessoas vivendo com HIV/Aids - Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias. - Pessoas que fazem uso dos seguintes medicamentos: Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6- mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira,adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte,Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe). - Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise) - Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias). Com relação a vacinação dos imunossuprimidos: - A partir de 18 anos que receberam o imunizante da dose única da Jansen, devem receber segunda dose com intervalo de 8 semanas, e uma dose de reforço está recomendada com 4 meses da segunda. - A partir de 12 anos, os que receberam os demais imunizantes, que já aplicaram a 3ª dose, podem receber a 4ª dose com intervalo de 4 meses. -Gestantes e puérperas acima de 12 anos poderão receber uma dose de reforço com imunizante Pfizer, a partir de 4 meses do esquema primário. Profissionais de Saúde Considera-se profissional da saúde apto a receber a dose de reforço indivíduos que trabalham em estabelecimentos de assistência, vigilância em saúde, regulação e gestão. Portanto, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde como: hospitais, laboratórios, farmácia, drogaria, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, agentes comunitários, agentes de endemias e trabalhadores de apoio aos serviços de saúde. Estudantes da área da saúde também estão contemplados. Fonte: SCOM/PMSL

0 comentário