top of page
Buscar

Com dívida de mais de R$ 12 milhões, Hospital Universitário de Canoas suspende cirurgias eletivas


Imagem: Tony Capellão/ PMC.

O Hospital Universitário de Canoas suspendeu por dez dias, a partir desta quinta-feira (27), a realização de cirurgias eletivas – aquelas com agendamento prévio. A instituição de saúde, que pertence à prefeitura, segue atendendo pacientes da emergência obstétrica, da retaguarda pediátrica e outras urgências. A maternidade também continua funcionando normalmente, assim como as consultas e exames.


Segundo a instituição de saúde, a medida é necessária em decorrência do seu quadro financeiro. Atualmente, o hospital acumula uma dívida de mais de R$ 12 milhões em razão do não repasse de R$ 18 milhões pela prefeitura, causado pela demora na assinatura de aditivo ao contrato em 2022.


As dificuldades financeiras da prefeitura, diante de uma dívida identificada em mais de R$ 169 milhões, impossibilitam a quitação imediata das pendências com a instituição, segundo o Executivo municipal.


A Secretaria de Saúde de Canoas reforçou o pedido para que a população, em casos mais simples, procure as unidades básicas de saúde, a fim de evitar a sobrecarga de atendimento nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e nos hospitais, deixando essas instituições apenas para os casos mais graves e urgentes.


Fonte: O Sul

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page