top of page
Buscar

Com festa da torcida, Eduardo Coudet chega a Porto Alegre para assumir como técnico do Inter


Imagem: Valter Junior/ Agência RBS.

Em menos de quatro semanas, os colorados foram duas vezes ao aeroporto Salgado Filho renovar as esperanças de dias melhores. No fim de julho, centenas estavam presentes para recepcionar Enner Valencia, no início da madrugada de uma segunda-feira. Na noite desta quarta-feira (19), foi a vez de dezenas fazerem festa pelo retorno do técnico Eduardo Coudet, o Chacho, ao clube.


Muitos dos colorados que foram recepcioná-lo em um portão lateral trajavam cachecóis, e não era só para aplacar o frio que faz em Porto Alegre. Eram usados como uma espécie de carinho para receber o treinador, que utiliza a peça como uma das suas marcas.


"Um pouco pelo frio e um pouco pelo Coudet", explicou Tiago Lemertz, de 24 anos. "A situação do Mano estava saturada. Pelas circunstâncias, o Coudet era o melhor nome. Vamos matar a saudade", complementou o desenvolvedor de softwares.


O argentino foi anunciado oficialmente na manhã dessa quarta. Ele assinou contrato até o fim do ano, quando se encerra o mandato do presidente Alessandro Barcellos, que deve tentar a reeleição. Foi o próprio dirigente quem foi a Buenos Aires tratar das negociações com o treinador. Na capital argentina, efetivaram os últimos ajustes do acordo e posaram para a fotografia utilizada no anúncio oficial da contratação.


Os dois desembarcaram juntos por volta das 20h. Nos próximos meses, darão prosseguimento à relação iniciada em 2020, quando Coudet teve sua primeira experiência como técnico do Inter e Barcellos era dirigente do departamento de futebol.


"O Inter precisa um pouco da loucura do Coudet. Vai fazer bem ao time", avalia o advogado Jean Felipe Ibaldo, de 39 anos, que vestia uma camisa de Musto, um dos nomes mais criticados no primeiro período de Coudet, responsável por indicar o volante.


Às 20h20min, Coudet apareceu para saudar os torcedores que encararam o frio para lhe darem aa boas-vindas. Torcedores que passavam pelo estacionamento buzinaram. O argentino, em local reservado, foi até a grade onde estavam os colorados. Ficou alguns instantes ali acenando e fazendo sinal de positivo. Logo entrou na van que o levou até o hotel onde ficará hospedado. Quando o veículo deixou o local, os ouvidos do treinador tinham como trilha sonora o hino colorado.


Chacho chega com quatro auxiliares. Três deles, o preparador físico Octavio Manera e seu auxiliar Guido Cretari, além do analista Carlos Fernández, faziam parte de sua comissão técnica em 2020. A novidade é o ex-jogador da seleção argentina Lucho González, que será um dos auxiliares técnicos.


Na prática, serão 137 dias de trabalho, a começar na tarde desta quinta-feira (20), quando o treinador comandará o seu primeiro treino e, na sequência, será apresentado oficialmente, até a partida contra o Botafogo, em 3 de dezembro, pela última rodada do Brasileirão.


Coudet assume um time que está na 11ª colocação no Brasileirão, a 17 pontos do líder Botafogo, e classificado às oitavas de final da Libertadores para enfrentar o River Plate. O torneio continental será o maior desafio do treinador nesse período.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page