top of page
Buscar

Com recursos de R$ 365 bilhões, governo federal anuncia maior Plano de Safra da história


BRASÍLIA: o Plano Agrícola e Pecuário 2023/2024 da agricultura empresarial terá R$ 364,22 bilhões para financiamento de custeio e investimentos, além de linhas especiais de crédito. O anúncio oficial será feito em instantes pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em cerimônia no Palacio do Planalto, nesta terça-feira (27/6).


O volume de recursos é 27% superior aos R$ 287 bilhões destinados no período 2022/2023, mas está abaixo dos R$ 406 bilhões pleiteados pelo setor.

Do total dos recursos, R$ 272,12 bilhões irão para o custeio e comercialização da safra, alta de 26% em relação à safra anterior. Outros R$ 92,1 bilhões serão destinados a investimentos.


Segundo nota divulgada há pouco pelo Palácio do Planalto, “serão R$ 186,4 bilhões (+31,2%) com taxas controladas, dos quais: R$ 84,9 bilhões (+38,2%) com taxas não equalizadas e R$ 101,5 bilhões (+26,1%) com taxas equalizadas (subsidiadas). Outros R$ 177,8 bilhões (+22,5%) serão destinados a taxas livres.


As taxas de juros para custeio e comercialização serão de 8% ao ano para os produtores enquadrados no Pronamp e de 12% a.a para os demais produtores. Já para investimentos, as taxas de juros variam entre 7% e 12,5% a.a., de acordo com o programa”.


Fonte: Correio Braziliense

0 comentário
banner superior START CARNAVAL 2024.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page