Começam as aulas do primeiro curso do EsteioTec


Prefeito Leonardo Pascoal, Felipe Costella, e o diretor de Direitos Humanos, Wagner Chagas, participaram do primeiro curso da EsteioTec | Imagem: Djalma Corrêa Pacheco

Alunos da primeira qualificação profissional oferecida pelo EsteioTec, parceria entre a Administração Municipal e o Instituto Senai de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia, iniciaram, no início da noite desta segunda-feira (23), o curso de Instalação, Manutenção e Conversão de Aparelhos a Gás GLP/GN. Ao todo, serão 17 encontros presenciais num total de 70 horas, realizados de segunda a sexta-feira.


O prefeito Leonardo Pascoal, o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SMDEMA), Felipe Costella, e o diretor de Direitos Humanos, Wagner Chagas, participaram do início da formação.


Em sua saudação aos alunos, Pascoal falou da importância da iniciativa para o futuro profissional dos estudantes e para o programa em si. “Esse é um momento muito especial, pois é a primeira aula de vocês e a primeira aula do EsteioTec. Por isso, viemos aqui hoje, representando a Administração Municipal, para dar boas-vindas e desejar sucesso a vocês neste curso. A ideia é que o EsteioTec, que inicia-se aqui hoje, tenha centenas, milhares de alunos no futuro”, afirmou.


Pascoal lembrou que o projeto é antigo, mas que só pode ser concretizado agora em razão da pandemia do novo coronavírus, e destacou que a grade de cursos tem como objetivo maior garantir a empregabilidade dos alunos que concluírem as capacitações. “Temos cursos voltados para os segmentos industrial e de serviços, por enquanto, mas depois ofertaremos atividades para o setor de comércio, por exemplo. Vocês não estão fazendo qualquer capacitação, mas, sim, cursos pensados para que vocês tenham acesso ao mercado de trabalho de forma mais acelerada”, destacou. O prefeito agradeceu ao Senai pela parceria, destacou a qualificação dos professores que trabalharão com os alunos e desejou sucesso a todos. “Que vocês possam aproveitar ao máximo os conhecimentos aqui adquiridos e que possam devolver depois para a sociedade, seja na forma de transmissão dos conhecimentos, seja atuando diretamente nesta área. Tenham muito sucesso, contem com a gente para o que for necessário, e que a primeira turma do EsteioTec, iniciativa pela qual temos muito carinho, possa ser boa referência para muitas outras turmas que virão dentro deste programa”, finalizou.


Em sua fala, Felipe afirmou que a atividade é totalmente presencial e frisou que é uma grande oportunidade de aprendizado e de empregabilidade para os alunos. “São 70 horas de conhecimento que os professores vão passar pra vocês. Tomara que se dediquem, que valorizem essa oportunidade. Nossa ideia é qualificar vocês para o mercado de trabalho, em parceria com o Senai, oferecendo o melhor para que vocês, ali fora, no mercado de trabalho, sejam os melhores”, afirmou o secretário.


Falando em nome da instituição, o diretor Cleber Spode destacou a parceria, ressaltou a qualificação dos instrutores e solicitou empenhos dos alunos. “Temos uma demanda por profissionais desta área bastante interessante. Vocês vão contar com dois dos professores mais qualificados aqui no Senai. Que vocês encarem com muita seriedade esse curso que a Prefeitura oferece e aproveitem todo o conhecimento destes professores e das aulas práticas que vão ter logo mais adiante para garantir uma oportunidade no mercado de trabalho”, afirmou.


Após a iniciação profissional, o aluno poderá trabalhar com aparelhos de gás liquefeito de petróleo (GLP) e gás natural (GN), de acordo com as normas técnicas, ambientais, de saúde e segurança no trabalho em empresas de vários portes.


As inscrições foram realizadas entre 26 de julho e 2 de agosto pelo site da Prefeitura. Os pré-requisitos eram ser morador da cidade, ter acima de 18 anos, ter concluído, pelo menos, o 6º ano do Ensino Fundamental e ser atendido por um dos serviços da política de assistência social do Município. A seleção priorizou pessoas em condições de vulnerabilidade, selecionadas pela Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos (SMCDH).


Ao todo, foram 253 inscritos. Destes, 64 foram classificados para uma entrevistas e 25 conseguiram as bolsas de estudos integrais, pagas pela Prefeitura.


Os candidatos que não foram selecionados receberão o contato das equipes do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho). A iniciativa faz parte de um conjunto de ações de mobilização, encaminhamento e acompanhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social para acesso a oportunidades afeitas ao trabalho e emprego. Entre as medidas estão a qualificação técnico-profissional, a intermediação pública de mão-de-obra, o apoio ao microempreendedor individual e à economia solidária, o acesso a direitos sociais relativos ao trabalho, entre outros.


Fonte: Prefeitura de Esteio

0 comentário