top of page
Buscar

Começam os pagamentos da última etapa do Auxílio Emergencial Gaúcho


Imagem: José Cruz/ Agência Brasil.

O governo do Estado iniciou nesta segunda-feira (22) o pagamento de R$ 800 para os primeiros cadastros beneficiados pelo Auxílio Emergencial Gaúcho, na última etapa do programa. O benefício será pago por meio de transferência para conta corrente do Banrisul, de Pix chave CPF para qualquer conta bancária obrigatoriamente vinculada ao CPF do beneficiário ou de ordens de pagamento.


Nesta segunda-feira, serão realizados pagamentos em regime de teste, seguindo o protocolo de segurança do sistema. Assim que os testes estiverem encerrados, terão sequência ao longo dos próximos dias os demais créditos.


Todos os pagamentos serão concluídos ainda no primeiro semestre aos microempreendedores individuais e trabalhadores formais desempregados, ambos dos setores de alojamento, alimentação e eventos do Rio Grande do Sul afetados por restrições durante a pandemia do coronavírus.


A orientação é para que os beneficiados consultem o status do benefício através da opção “Acompanhe a sua solicitação”, que já está disponível no portal auxilioemergencialgaucho.rs.gov.br.


O Procergs (Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul) registrou 45.286 cadastros na última etapa do Auxílio Emergencial Gaúcho. O número representa mais da metade (59%) da estimativa inicial de inscrições, que era de 76.900. Ao todo, foram contabilizados 15.146 cadastros referentes MEI (microempreendedores individuais) e 30.140 para trabalhadores formais desligados.


Todos receberam um e-mail com um número de protocolo. As informações coletadas nos cadastros estão sendo analisadas para liberação do benefício.


Auxílio Emergencial Gaúcho


O Auxílio Emergencial Gaúcho, instituído pela Lei 15.604, atende os setores que foram mais afetados pelas restrições de circulação impostas pelo coronavírus. As três etapas do programa somam um total de R$ 106,9 milhões na forma de subsídio, distribuídos a cerca de 97,5 mil beneficiários.


Nas duas primeiras etapas do auxílio, realizadas em 2021, os grupos beneficiados foram mulheres chefes de família e empresas do Simples Nacional, com atividade principal nos setores de alojamento, alimentação e eventos.


Fonte: O Sul

0 comentário
WhatsApp Image 2024-02-26 at 16.17.18.jpeg
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page