Concerto em São Leopoldo celebra memória do maestro José Pedro Boéssio


A apresentação do coral Madrigal e da Camerata Presto em homenagem aos 20 anos de falecimento do maestro José Pedro Boéssio emocionou quem esteve no Teatro Municipal neste domingo, 21 de novembro. O concerto promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Relações Internacionais (Secult) e Presto Produções e Promoções Artísticas reuniu moradores de São Leopoldo e região. O secretário Pedro Vasconcellos saudou os participantes em nome da família do maestro. A filha Elisa Boéssio estava presente no evento.


“A obra do José Pedro Boéssio é tão grandiosa que a Secult, a Prefeitura, a Presto, a família e a Associação Amigos do Centro Cultural têm trabalhado com esta ideia de poder dar visibilidade e difundir a obra de José Pedro Boéssio com a importância e a qualidade que ela merece. O Zé Pedro foi esta pessoa iluminada que por onde passou deixou memórias muito marcantes”, destacou Vasconcellos.


A diretora da Presto, preparadora vocal, Lúcia Passos, lembra de José Pedro como uma pessoa ímpar. “Ele foi alguém muito importante, motivava as pessoas a crescerem, tinha muito carisma. Sempre mostrava seu modo de pensar com muita verdade. Ele impressionava todos que passavam por ele. Ninguém saía sem ser transformado de alguma forma”, destaca. Lúcia agradeceu a parceria da Secult e Prefeitura de São Leopoldo por tornar possível realizar a homenagem.


Lúcia Passos conta que conviveu com o maestro por mais de 20 anos e diz que deixou marcas que serão lembradas com muita alegria. “Ele implantou projetos muito importantes e se tornou uma referência. Ele elevou o Canto Coral brasileiro pelo enfoque, sonoridade que foram implantados na orquestra com repertório incrível”, conta. Entre os projetos, ela ressalta o Sinos Acorda que formou mais de 300 jovens sendo que muitos seguiram a carreira musical em orquestras.


O espetáculo foi encerrado com o bis do arranjo de Vira Virou, de Kleiton Ramil, que foi acompanhado pelo público.


E-book

A Presto em parceria com a Secult também lançaram o e-book “Seleção de Arranjos de José Pedro Boéssio”. O material traz uma coletânea de 12 arranjos especialmente selecionados, além de algumas das fotos históricas que contam um pouco da trajetória musical do maestro.


Entre os arranjos estão Vira Virou, de Kleiton Ramil, Gaudêncio 7 Luas, de Luiz Coronel e Marco Aurélio Vasconcelos, Canção da América, de Milton Nascimento, dentre outros.

O e-book está sendo disponibilizado gratuitamente e pode ser baixado através do site da Presto e do Blogspot.


Fonte: PMSL

0 comentário