Congresso do Peru rejeita pedido de impeachment do presidente Pedro Castillo


Imagem: Reuters.

O Congresso do Peru rejeitou, no início da madrugada desta terça-feira (29), um pedido de moção de destituição – na prática, um impeachment – contra o presidente de esquerda Pedro Castillo, acusado de permitir uma suposta corrupção no seu governo e de “falta de rumo”.


Os debates duraram cerca de oito horas. Foram favoráveis ao pedido 55 parlamentares. Outros 54 foram contrários. Eram necessários 87 votos para afastar o presidente.


Essa foi a segunda moção de vacância em oito meses contra Castillo, que assumiu a presidência em julho após ganhar uma eleição acirrada contra a direitista Keiko Fujimori. Em dezembro, o Congresso rejeitou uma medida semelhante.


“Saúdo que prevaleceu o bom senso, a responsabilidade e a democracia. Convoco a todos para fecharem esta página e trabalharmos juntos pelos grandes desafios do país”, afirmou o presidente após a decisão do Congresso.


O mandato de Castillo, que é professor, vai até 2026. Ele também é criticado pela oposição por suas constantes crises ministeriais.


Fonte: O Sul

0 comentário