Buscar

Conselho Popular de Segurança Urbana de SL aprova compra de equipamentos para o Grupamento Ambiental


O valor total do investimento é de quase R$ 17 mil, com recursos do Fundo Municipal de Segurança Urbana. | Imagem: Lucas Kominkiewicz/ PMSL.

Em reunião ordinária do Conselho Popular de Segurança Urbana (Consegur) foi aprovado pelos conselheiros um projeto para a compra de uma série de novos equipamentos para o Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) Ipson Pavani da Guarda Civil Municipal (GCM).


O encontro, conduzido pelo titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp), ocorreu na quarta-feira, 10 de novembro, por videoconferência. O objetivo é proporcionar melhores condições de trabalho aos agentes em ocorrências que envolvam captura e manejo de animais, por exemplo. O valor total do investimento é de quase R$ 17 mil, com recursos do Fundo Municipal de Segurança Urbana (Funsegur).

Nestor explicou que cada vez mais esses serviços são necessários em toda a sua dimensão, afirmando que todos os dias a GCM recebe diversos chamados ligados ao meio ambiente através do Centro de Comando e Monitoramento (Cecom). “Esses equipamentos vão aprimorar o trabalho dos nossos profissionais que vão poder prestar um serviço melhor a população da nossa cidade", disse.

De acordo com o inspetor-chefe do grupamento, Emerson dos Anjos, os utensílios devem dar aos agentes mais segurança para atender as ocorrências ligadas às diversas áreas de atuação do GDA. "São ferramentas como a perneira que nos protegem de possíveis ataques de cobras, por exemplo", reforçou.

Atuação do GDA

O GDA atua de forma integrada às secretarias municipais do Meio Ambiente (Semmam) e de Proteção Animal (Sempa), mais especificamente, em conjunto com as equipes de fiscalização. Assim, atende denúncias contra crimes como aterro e construções irregulares, despejo de poluentes, incêndios e de apreensão e resgate de animais silvestres. Também são realizadas rondas nos parques e diques.


Os integrantes do grupamento receberam a certificação do curso de Legislação ambiental e de manejo de animais perigosos. Além disso, também realizaram o curso de habilitação para conduzir a embarcação na Capitania dos Portos, em Porto Alegre. Além de fiscalizar o rio, a patrulha também atua por terra, em especial, no Parque Imperatriz e seus 160 hectares de área.

Equipamentos que serão comprados Fumigador para apicultura; Luva para apicultura; Macacão para apicultura com máscara; Inseticida aerossol 400ml; Jardineira macacão de pesca pantaneiro com bota acoplada; Luva de vaqueta em raspa; Perneira de proteção para cobra; Armadilha gatoneira gigante; Caixa de transporte para cachorro tamanho grande; Cambão veterinário retrátil com trava; Focinheira em PVC com velcro; Gancho de contenção ofídio médio; Pinça para captura de répteis; Puçá para captura de aves e animais tamanho grande; Caixa organizadora com travas de 56 litros; Escada em fibra de vidro extensível com 25 degraus; Escada em fibra de vidro tesoura dupla com 6 degraus; Facão para mato com lâmina em aço 17 polegadas; Lanterna holofote em LED recarregável; Machado soldado com cabo de madeira 90cm; Motosserra à gasolina combustão 39 cilindradas; Pá quadrada em aço com cabo de madeira; Pé de cabra 5/8 X 60cm; Talabarte de posicionamento.


Fonte: PMSL

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png