top of page
Buscar

Coreia do Norte anuncia primeiro submarino tático com armas nucleares

Atualizado: 8 de set. de 2023


Imagem: KCNA/Reuters

A Coreia do Norte lançou seu primeiro “submarino tático de ataque nuclear” operacional e o enviou para a frota que patrulha as águas entre a península coreana e o Japão. A informação foi confirmada pela imprensa estatal do país nesta sexta-feira (8).


O submarino n.º 841 – batizado de Herói Kim Kun Ok, em homenagem a uma figura histórica norte-coreana – será um dos principais “meios ofensivos subaquáticos da força naval” da Coreia do Norte, segundo disse o líder Kim Jong Un na cerimônia de lançamento na quarta-feira (6).


Analistas disseram que o navio parece ser um submarino modificado da classe Romeo da era soviética, que a Coreia do Norte adquiriu da China na década de 1970 e começou a produzir no mercado interno. Segundo eles, seu projeto, com 10 escotilhas de tubos de lançamento, mostrou que ele estava provavelmente armado com mísseis balísticos e mísseis de cruzeiro.


Essas armas não acrescentarão muito valor às forças nucleares terrestres mais robustas do país, porque os submarinos antigos usados como núcleo do novo design são relativamente barulhentos, lentos e têm alcance limitado, o que significa que podem não sobreviver durante tanto tempo a uma guerra, disse Vann Van Diepen, ex-especialista em armas do governo dos EUA.


“Quando esta coisa for implantada em campo, ficará bastante vulnerável à guerra anti-submarina aliada”, disse ele. “Portanto, acho que, de um ponto de vista militar obstinado, isso não faz muito sentido.”


Os militares da Coreia do Sul disseram que o submarino não parecia pronto para operações normais e que havia sinais de que a Coreia do Norte tentava exagerar as suas capacidades.


Shin Seung-ki, pesquisador do Instituto Coreano de Análises de Defesa (KIDA), alertou que não é possível garantir que a Coreia do Sul e os Estados Unidos detectem e destruam submarinos submersos.


“É evidente que a Coreia do Norte expandiu e fortaleceu significativamente as capacidades operacionais das suas forças navais em comparação com antes”, disse ele.


Submarino de ataque nuclear A designação como submarino “tático” sugere que ele não carrega mísseis balísticos lançados por submarino (SLBM) que podem atingir o continente dos EUA, mas sim SLBMs menores de curto alcance ou mísseis de cruzeiro lançados por submarino (SLCM) capazes de atingir a Coreia do Sul, Japão, ou outros alvos regionais, disse Choi Il, capitão aposentado de submarino sul-coreano. Fonte: CNN Brasil

0 comentário
banner superior START CARNAVAL 2024.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page