Buscar

Criadores de gado leiteiro apostam na pastagem de inverno para vencer o frio


Imagem: Guilherme Almeida/ Correio do Povo.

O frio intenso dos últimos dias no Estado não pegou os criadores de gado leiteiro desprevenidos, que aproveitaram a boa umidade do solo para fazer a sobressemeadura de espécies próprias para o clima gelado em áreas com grama tifton.


Segundo mais recente Informativo Conjuntural da Emater-RS/Ascar, as pastagens cultivadas de inverno deram boa resposta às últimas chuvas e houve aumento da quantidade de áreas passíveis de pastejo.


Para o produtor Felipe Zaro, Granja do Nini, em Carlos Barbosa, a aposta nas pastagens próprias de inverno, aveia e azevém, foram fundamentais para o manejo neste período. “Nesse caso, a geada é até bem-vinda, pois ajuda a acabar com as pragas de verão”, afirma.


Na regional de Santa Rosa, de acordo com o boletim, os produtores intensificaram o corte das pastagens perenes de verão destinadas à fenação e ao pré-secado. A criadora da raça Jersey Angela Maraschin, da Cabanha Gema, localizada no município, ratifica estas informações.


“Ainda há muito mulho safrinha para colher para silagem. Mas se der geada o estrago vai ser grande, pois na safra já foi muito ruim a qualidade da silagem por causa da seca. E agora na safrinha os milhos estão bem bons, mas não estão ainda com grãos no ponto de colheita para a silagem. Que o frio espere mais um pouco”, torce a produtora.


Fonte: Correio do Povo

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png