top of page
Buscar

Denarc desarticula depósitos de armas e drogas em Porto Alegre e São Leopoldo


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

Em ações realizadas na última sexta-feira (17), o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) aprendeu armas e drogas em residências supostamente mantidas como bases de suporte para operações do crime organizado.


As investidas ocorreram em Porto Alegre e São Leopoldo e decorreram de investigações impulsionadas por denúncias anônimas e monitoramento.


Na Capital, a ação foi coordenada pela delegada Ana Flávia Leite e apreendeu centenas de munições, armas de fogo e droga, no Campo da Tuca. Segundo a delegada, a apuração se desenvolveu após informações de que um homem estaria armazenando drogas e armas para uma facção.


"As informações iniciais davam conta que as armas (fuzis e pistolas) seriam utilizadas para segurança dos pontos de tráfico e poderiam ser utilizadas em confronto que estaria por ocorrer", informou Ana Flávia, em nota.


No local, foram encontrados um fuzil calibre 5.56, 50 munições do mesmo calibre, uma espingarda calibre 36, 200 munições calibre .38, 72 munições calibre 380, 12 carregadores de arma de fogo, cerca de 2 kg de maconha e duas balanças de precisão. A investigação terá continuidade.


Em São Leopoldo, a ação ocorreu no bairro Santos Dumont. Policiais receberam informações por denúncia anônima dando conta de que grande quantidade de entorpecentes estava guardada no interior de uma residência. Ao averiguarem a casa, agentes encontraram 90 kg de maconha, separados em diversos tabletes já divididos para a venda.


"Tudo indica que o local seria usado como um depósito para armazenamento da droga. Estas denúncias são muito importantes, pois auxiliam o trabalho da policia no enfrentamento ao crime organizado", define o delegado Rafael Liedtke, que coordenou a ação.


Ninguém estava na residência no momento da diligência. As investigações prosseguirão para identificar e responsabilizar criminalmente os proprietários da droga apreendida. O disque-denúncia do Denarc é 08000 518-518.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


labelladonnasaoleopoldo.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page