top of page
Buscar

Dentista é preso por suspeita de violência sexual contra mulheres durante consultas em Viamão


Imagem: divulgação/ Polícia Civil.

Um dentista de 54 anos foi preso preventivamente pela Polícia Civil no início da noite do último sábado (8), no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, sob suspeita de violência sexual mediante fraude contra, pelo menos, quatro mulheres. Os crimes teriam sido cometidos no consultório dele, em Viamão.


Conforme a delegada Marina Dillenburg, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), o suspeito aproveitava o momento em que as pacientes estavam deitadas durante as consultas para se satisfazer sexualmente. Segundo ela, o homem utilizava a condição de dentista para violentar as pacientes, configurando o crime de violência sexual mediante fraude.


"Ele passava o pênis próximo ao braço das vítimas, tentava passar a mão nos seios delas. Há relatos, inclusive, que ele ficava ereto e ejaculava", revela a delegada.


Segundo a Polícia Civil, a primeira denúncia contra o dentista foi registrada em 1995, pelo mesmo crime. Ele chegou a ser preso em março deste ano, após uma paciente, que já teria sido violentada por ele, gravar uma das consultas. Na ocasião, ele foi liberado pela Justiça para responder ao crime em liberdade.


"O modus operandi era sempre o mesmo. Após está denúncia, outras três mulheres procuraram a polícia para relatar abusos", conta Marina.


O dentista, que não teve o nome divulgado, foi preso ao desembarcar na Capital, logo após uma viagem com a esposa a São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, ele já respondeu por crimes nas mesmas circunstâncias e deve ser indiciado ao fim do inquérito.


Fonte: GZH

0 comentário

Comments


Grupo Star superior.png
Caixinha de perguntas Start.png
bottom of page