Buscar

Detran gaúcho reforça alerta para o golpe dos falsos leilões de veículos


Imagem: divulgação/ DetranRS.

Devido à procura de pessoas por veículos que teriam sido arrematados em leilões virtuais realizados em sites que se passam pelo portal do DetranRS (Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul), a autarquia reforçou o alerta para esse tipo de golpe.


Os falsários utilizam sites com a marca do DetranRS e até mesmo endereços parecidos. Muitos sequer são hospedados em servidores nacionais. A indicação de CRDs (Centros de Remoção e Depósito) credenciados nos anúncios também pode induzir ao erro, por isso é importante entrar em contato com esses locais e com o DetranRS antes de fazer qualquer tipo de transação. Cuidados necessários para não cair no golpe dos falsos leilões 1) Confira no site oficial do DetranRS os próximos eventos: detran.rs.gov.br > menu Veículos > Leilões > Calendário de Leilões; 2) Veja nos editais do leilão todos os veículos disponíveis para compra em cada depósito credenciado, seus lances iniciais, o site do leiloeiro oficial e demais informações;


3) Se possível, agende uma visita ao depósito onde está o veículo para verificar suas condições pessoalmente; 4) Participe do leilão na data e horário agendados pelo DetranRS e divulgados no site oficial; 5) Caso seja atraído por um anúncio, desconfie de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”); 6) Pesquise a empresa em sites de reclamação ou redes sociais; 7) Suspeite de veículos que pareçam novos ou de concessionárias; 8) Não faça transferências bancárias. Nos leilões do DetranRS, o pagamento do valor de arremate ocorre por meio de guia de arrecadação própria, quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo.


Quem for vítima desse tipo de golpe deve comunicar o fato à Polícia Civil por meio de um boletim de ocorrência. O registro pode ser feito presencialmente em uma delegacia de polícia ou pela internet, por meio da Delegacia Online.


Fonte: O Sul

0 comentário
Sem título.png
Caixinha de perguntas Start.png